Riscos da bulimia para a saúde bucal dos pacientes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Transtornos alimentares geram problemas diretos para a saúde da boca e dos dentes

No mundo moderno, a aparência se tornou uma das grandes prioridades. Na busca por um corpo perfeito, algumas pessoas acabam por desenvolver doenças que agridem a própria saúde, como a bulimia.

Entre os distúrbios alimentares mais recorrentes estão a bulimia e a anorexia. Duas doenças graves, que precisam ser tratadas e podem gerar uma série de consequências, até mesmo para a saúde bucal.

Bulimia é um tipo de transtorno alimentar que consiste na ingestão excessiva de alimentos, seguida de vômitos autoinduzidos. Os vômitos surgem como uma tentativa de evitar o ganho de peso. O tratamento depende de uma equipe multidisciplinar, envolvendo psiquiatras, psicólogos e outros profissionais.

Contudo, o primeiro diagnóstico pode ser realizado no consultório do dentista.

Os distúrbios alimentares geram efeitos negativos para o corpo em geral, como perda de peso, queda de cabelo, possíveis problemas cardíacos e insuficiência renal.

Além disso, transtornos como bulimia e anorexia afetam a saúde bucal.

Riscos à saúde bucal

Muitos não conhecem as relações negativas entre bulimia e saúde bucal.

Entre as maneiras em que os distúrbios alimentares afetam os dentes, a principal é o desgaste do esmalte ao entrar em contato com os ácidos dos sucos gástricos.

Os ácidos entram em contato com os dentes por causa dos vômitos frequentes. Essa erosão ocasiona, posteriormente, a desmineralização dos mesmos.

Outros dos efeitos do contato do suco gástrico com a boca são:

  • Aumento da sensibilidade dos dentes;
  • Mudanças na mordida;
  • Alteração no encaixe entre os dentes superiores e os dentes inferiores;
  • Retrações gengivais;
  • Redução na quantidade de saliva;
  • Diminuição dos dentes da parte de trás da arcada dentária;
  • Eventual perda dos dentes;
  • Exposição da dentina exposta;
  • Trauma na mucosa e faringe;
  • Amarelando dos dentes.

As glândulas responsáveis pela produção de saliva, presentes na boca, incham graças à frequência dos vômitos. Esse problema provoca a chamada xerostomia.

Xerostomia consiste na falta de saliva na cavidade oral e faz com que os tecidos da boca e língua se tornem secos e avermelhados.

Posteriormente, a xerostomia leva à dificuldade de falar e mastiga, além de ocasionar casos de mau hálito.

Os bulímicos também podem sofrer com dores crônicas na garganta e sangramentos sob a pele do palato, ou seja, do céu da boca.

Além disso, aumenta  os riscos de problema para a saúde bucal, como doenças periodontais e a cárie dentária. O risco de cárie está associado à ingestão de grande quantidade de alimentos que contenham carboidratos ou açúcares.

Tratamentos com o dentista

O profissional da área da odontologia pode ser o primeiro a reconhecer e diagnosticar um caso de bulimia ou alguns dos outros distúrbios alimentares, como a anorexia e a dismorfia.

Isso porque, não são raros os casos onde o paciente procura o dentista visando solucionar um problema que, aparentemente, não está relacionado com o transtorno, como o aumento da sensibilidade nos dentes ou problemas na oclusão dentária.

As medidas tomadas pelo profissional visam evitar o maior desgaste dos dentes. Assim, são indicados tratamentos com flúor para fortalecer os dentes.

Também é possível que o dentista indique o uso de uma saliva artificial para os afetados pela boca seca.

Os tratamentos odontológicos são apenas o início do processo de cura. Por isso, para evitar complicações mais graves, tanto para a saúde bucal como para o corpo, é preciso procurar médicos especialistas.

Após o controle da bulimia, o dentista pode realizar a restauração do esmalte dentário ou a extração de dentes em estado de desmineralização muito avançada.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.