Biocompatibilidade define resultado de tratamentos odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui a relação da biocompatibilidade com a área da odontologia

Com o avanço da ciência na área da odontologia, os profissionais conseguiram otimizar os atendimentos. As áreas regenerativa e ortodôntica, por exemplo, usam a tecnologia a seu favor. Um exemplo disso é o uso de biomateriais nos tratamentos. No entanto, é preciso ficar atento à biocompatibilidade.

Isso porque todo o sucesso do tratamento odontológico é definido na hora de analisar a biocompatibilidade. Mas, afinal, o que ela é?

Biocompatibilidade é a capacidade de um material ser compatível com tecidos do corpo humano. Ou seja, quando são biocompatíveis, não há nenhuma rejeição do organismo.

Neste artigo vamos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre a biocompatibilidade na odontologia.

Biocompatibilidade dos Materiais Odontológicos

Normalmente, a biocompatibilidade na odontologia é relacionada aos biomateriais. Eles são usados para a substituição, que pode ser parcial ou total, dos tecidos biológicos na nossa cavidade bucal.

Além disso, também podem ser usados durante a restauração e aumento dos tecidos.

Desse modo, esses materiais regeneram e substituem a estrutura óssea. Mas por que a estrutura óssea precisaria disso? Bom, a resposta é simples: é por conta de traumas e alterações bucais agressivas.

Há dois tipos de biomateriais: os naturais (versões biológicas) e os sintéticos (versões feitas em laboratório). Na área ortodôntica, os biomateriais odontológicos são usados nas seguintes aplicações:

  • Metal: usado em próteses unitárias, aparelhos ortodônticos, implantes e fixação óssea em cirurgias buco maxilofaciais;
  • Cerâmica: usado em restaurações, próteses fixas e materiais para cirurgias periodontais; e
  • Polímero: usado em resinas compostas, instrumentos de moldagens, fios de suturas, dentes artificiais e próteses faciais.

Como já vimos, os materiais estão diretamente em contato com os tecidos do nosso organismo. Por isso, é ideal procurar por profissionais recomendados e de confiança. Eles irão escolher os melhores para o tratamento.

Desse modo, as chances de ter uma boa biocompatibilidade dos materiais restauradores odontológicos são altas.

Importante: a biocompatibilidade dos materiais em ortodontia, e até em outras áreas da odontologia, é medida a partir das características e propriedades dos materiais.

Qual a Importância Para a Odontologia?

A importância da biocompatibilidade é extensa. Uma das razões é a capacidade de ser compatível com o tecido está diretamente ligada ao sucesso dos tratamentos odontológicos.

Isso porque o tratamento não é considerado eficaz quando o organismos rejeita o material biocompatível.

Se o organismo rejeitar o biomaterial, o paciente apresenta sinais, ou seja, reações indesejáveis e efeitos colaterias. Alergia, inflamação e dor são exemplos de indício da rejeição.

Por esse motivo, é necessário que o profissional tenha muita atenção e cautela durante os tratamentos com biomateriais.

Apenas com os cuidados necessários o tratamento terá grandes chances de mostrar resultados positivos. Mas além da compatibilidade, os profissionais precisam ficar atentos para:

  • Osteocondutividade: estímulo ao crescimento das células ósseas;
  • Bioatividade: quais são as chances do material se integrar ao tecido biológico.

Agora que você já sabe tudo sobre o tema, marque uma consulta com o dentista de confiança e pergunte sobre a biocompatibilidade no seu tratamento odontológico.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.