Aparelho Jasper Jumper corrige má oclusões dentárias

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O aparelho Jasper Jumper é utilizado para a correção da má oclusão de classe II

A oclusão dentária é o contato entre a parte superior e a inferior da arcada. O desalinhamento ou o crescimento excessivo do osso maxilar ou mandibular pode prejudicar o encaixe. E para corrigi-la, o aparelho Jasper Jumper pode ser utilizado.

No entanto, o uso do aparelho Jasper Jumper deve estar associado ao aparelho ortodôntico fixo. O dentista também tem a possibilidade de colocar a barra transpalatina para auxiliar no processo de ancoragem.

O aparelho Jasper Jumper é um dispositivo ortopédico com dois módulos flexíveis de força, um em cada lado da boca. Ele produz um estímulo pequeno e contínuo, pinos que se aderem à arcada superior e esferas de acrílico presos ao arco inferior. Sua principal função é a protusão mandibular.

Ele encontra-se em tamanhos de 26 mm, 28 mm, 30 mm, 32 mm, 34 mm, 36 mm e 38mm.

Funções do aparelho Jasper Jumper

O Jasper Jumper foi criado para funcionar como uma alternativa mais econômica e mais confortável que o aparelho de Herbst, que apresenta um desempenho parecido.

Ele é indicado para tratamento de má oclusão de classe II, que explicaremos adiante o que é.

Dessa forma, as principais atividades do aparelho envolvem:

  • Restringir o descolamento anterior do osso maxilar;
  • Efetuar a protusão do osso mandibular;
  • Mover os dentes molares superiores para sua face distal e fazer a intrusão deles;
  • Movimentar os dentes incisivos superiores distalmente e realizar a extrusão deles;
  • Pequena rotação em sentido horário da mandíbula;
  • Fazer a movimentação anterior de todos dentes da arcada inferior;
  • Intrusão dos incisivos inferiores;
  • Extrusão dos molares inferiores;
  • Expandir os molares superiores.

É importante ressaltar que essa técnica faz as correções partirem principalmente da alteração do alvéolo dos dentes, uma cavidade dos ossos da maxila e da mandíbula onde os dentes ficam alojados, e não das mudanças esqueléticas somente.

Recomendações do Jasper Jumper

Durante o uso, o dentista deve fazer algumas recomendações ao paciente:

  • Não mastigar sobre o aparelho;
  • Não abrir excessivamente a boca;
  • Ignorar a protusão inferior feita pelos módulos de força.

Assim, será evitado a danificação do aparelho.

Ao final do tratamento, quando o aparelho fixo for retirado, deve-se instalar a contenção estética, evitando que os dentes retornem à sua posição de origem.

Tipos de oclusão dentária

A oclusão dentária divide-se em três classes:

Classe I

Os dentes superiores são ligeiramente maiores que os inferiores, o que resulta na oclusão correta.

Classe II

A arcada dentária superior é maior que a inferior, pois há um avanço maxilar mais desenvolvido.

Classe III

Esse caso funciona de maneira inversa à classe II. Agora, o arco inferior é maior que o superior, deixando a mandíbula protuberante.

Sobre o aparelho fixo e a barra transpalatina

Aparelho fixo

O aparelho fixo é constituído por braquetes, arco e bandas.

Ele atua no tratamento da má oclusão, movimentando os dentes a partir da aplicação de uma força, que varia de acordo com a gravidade e com o momento do procedimento.

Barra transpalatina

A barra transpalatina é um arco metálico que possui um fio de 0,9 mm de diâmetro.

Ela interliga dois dentes molares, tanto o primeiro molar quanto o segundo, situados um em cada extremidade da arcada dentária superior. Sua curvatura acompanha a do palato.

Por estar relacionado com o aparelho Jasper Jumper, seu principal encargo será o de realizar a ancoragem, uma técnica que usa um ponto fixo da boca para ajudar na movimentação de outros dentes. No caso, os inferiores.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.