Angina de Ludwig é uma espécie de celulite facial

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Se não tratada, a angina de Ludwig pode causar complicações severas nas vias aéreas do paciente

A infecção dentária é resultado do acúmulo de bactérias na boca. Normalmente, isso é causado pela falta de higienização bucal. Por consequência, podem surgir alguns problemas, como a angina de Ludwig.

Embora seja incomum, a grande preocupação gerada pela angina de Ludwig é a obstrução das vias aéreas, sendo bastante perigosa para o paciente. Por isso, o dentista precisa saber intervir precocemente, antes que ela se agrave.

A angina de Ludwig é uma espécie de celulite facial de rápida evolução que acomete as áreas submental, submandibular, sublingual e suas regiões adjacentes.

A celulite facial é uma patologia ocasionada por uma infecção bacteriana que afeta o tecido subcutâneo da pele. Com isso, a pessoa apresenta um grande inchaço, vermelhidão e dor.

Os principais dentes atingidos pela doença são os molares inferiores. Abscesso dentário e trauma são os problemas que mais incentivam seu aparecimento.

Como trata-se de uma infecção bacteriana, confira os microrganismos que são constantemente encontrados:

  • Streptococcus viridians;
  • Staphylococcus aureus;
  • Staphylococcus epidermidis;
  • Fusobacterium;
  • Porphyromonas gengivalis;
  • Peptostreptococcus;
  • Prevotella melaninogenica.

Sintomas da Angina de Ludwig

Os sintomas da angina de Ludwig incluem:

  • Febre;
  • Confusão mental;
  • Calafrios;
  • Dificuldade em respirar;
  • Fadiga excessiva;
  • Falta de apetite;
  • Sialorreia;
  • Trismo;
  • Disfagia;
  • Protusão da língua;
  • Vermelhidão e inchaço no pescoço;
  • Dor na região do pescoço.

Diagnostico da Angina de Ludwig

Para identificar a doença, o especialista efetuará o exame clínico. No entanto, se achar necessário, para dar mais propriedade ao diagnóstico poderá solicitar a realização de outros exames, como a tomografia computadorizada, que ainda mostrará qual a extensão da inflamação.

Tratamento do problema

Para tratar a patologia, primeiramente será preciso dar uma atenção especial à condição de respiração do paciente, que pode estar comprometida, o que é muito preocupante.

Dessa forma, em alguns casos, é fundamental entubar a pessoa de imediato, colocando um tubo respiratório através da cavidade oral ou do nariz para que se possa alcançar os pulmões.

Também há a possibilidade de fazer uma traqueostomia, em situações mais graves. O procedimento consiste em abrir um orifício na traqueia e introduzir uma cânula para haver passagem de ar.

De modo a conter a infecção, será prescrito antibióticos, principalmente à base de penicilina. É importante ressaltar que o uso de medicamentos só pode ser feito por meio de acompanhamento médico.

Além disso, há a opção de proceder cirurgicamente, que fará a drenagem da infecção.

É primordial que o paciente busque ajuda médica rapidamente. Se não tratada, a angina pode ser fatal.

Relação com a odontologia

O dentista terá papel imprescindível durante o tratamento e o diagnóstico da angina de Ludwig na odontologia. Ele identificará o problema e encaminhará o paciente para o procedimento mais adequado à ocasião.

Se a angina ludoviciana não estiver evoluída, o dentista eliminará o foco da disfunção, que é a infecção dentária. Em seguida, fará a drenagem. E se for requisitado alguma técnica mais invasiva, o profissional especializado em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial é o mais indicado.

Portanto, a abordagem médica da angina de Ludwig é multidisciplinar e requer cuidados especiais. Consultar o dentista periodicamente ajuda a evitar distúrbios na boca e manter a saúde bucal em dia.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.