Entenda tudo sobre a trombose do seio cavernoso

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Existe uma grande quantidade de doenças que podem atingir a boca e o rosto do paciente, assim como muitas doenças bucais podem causar outros quadros, como por exemplo a trombose do seio cavernoso.

Mas você sabe o que é trombose do seio cavernoso? Se a resposta for não, não se preocupe. Iremos explicar tudo certinho neste artigo.

A trombose do seio cavernoso é uma doença rara que forma um coágulo sanguíneo em uma grande veia na base do crânio e que pode ter origem séptica ou asséptica.

Sendo assim, ela pode acabar atingindo a face, o nariz ou o seio nasal do paciente.

Se você quer entender melhor o que é esta doença, quais são suas causas e como é possível tratá-la, te convidamos a ler este artigo.

Afinal, é por meio dele que explicaremos todos estes pontos. Confira conosco.

O que é trombose do seio cavernoso?

Para poder entender melhor o que é essa doença, é necessário que seja explicado primeiro os termos utilizados.

Assim, trombose é o nome dado à formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias.

No entanto, normalmente este tipo de problema acomete principalmente a parte inferior do corpo, principalmente as pernas.

seio cavernoso é o que se encontra localizado na cabeça. Ele, por sua vez, faz parte dos chamados seios venosos da dura-máter, espaços revestidos com uma camada de células chamada endotélio.

Quanto à sua localização, no entanto, é possível analisar que ele é bilateral e se encontra na parte superior oca do osso esfenóide da face.

Em outras palavras, é possível dizer que este é um complexo cheio de veias extremamente finas que se estende pela fissura orbital superior e que recebe sangue das seguintes veias:

  • Oftálmicas superior e inferior;
  • Cerebral superficial média;
  • Seio esfenoparietal.

Por isso, é possível entender que esta doença rara é caracterizada pela formação de um coágulo neste complexo de veias finas.

Causas da trombose do seio cavernoso

De maneira geral, a doença é causada pela disseminação de bactérias de uma infecção no rosto, nos dentes ou no seio nasal.

Além disso, ela pode ser causada por infecções faciais comuns, como furúnculos, celulite orbital ou até sinusite do esfenóide ou dos seios etmoidais.

Porém, quando falamos sobre a formação deste tipo de trombose no rosto, precisamos lembrar que existem duas formas de formação: séptica e asséptica.

Na origem séptica, há um processo tromboflebite de desenvolvimento rápido e de origem infecciosa que afeta o seio cavernoso e suas estruturas.

Normalmente, é causado nos seguintes locais:

  • Terço médio da face;
  • Seios nasais;
  • Ouvidos;
  • Dentes;
  • Boca.

Por outro lado, a forma asséptica normalmente é resultado de traumas, de lesões iatrogênicas (lesões involuntárias durante tratamento médico) ou de afecções pró-trombóticas.

Este último caso, no entanto, se dá pela formação de um trombo que interrompe o fluxo de sangue localmente ou se desprende e se acomoda na corrente sanguínea.

Possíveis consequências

Ao falarmos sobre consequências desta doença, estamos mencionando justamente os sintomas de trombose no rosto.

Assim, temos como sinais os seguintes pontos:

  • Protusão anormal dos olhos, chamada de proptose, que ocorre durante dias;
  • Edema nas pálpebras;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Dor, ou entorpecimento, facial;
  • Movimentos dos olhos dificultado com a possibilidade de ter visão dupla, chamado oftalmoplegia;
  • Perda de visão;
  • Sono em excesso;
  • Febre alta; pupilas dilatadas de forma anormal ou desiguais.

Agora, caso a bactéria se espalhe para o cérebro, o paciente pode sentir ainda mais sonolência, convulsões, entrar em coma, ter sensações anormais ou fraqueza muscular em algumas localidades do corpo.

De tal forma, o diagnóstico é feito através de:

  • Imagem por ressonância magnética ou tomografia computadorizado;
  • Hemocultura;
  • Punção lombar.

É válido pontuar que os dois primeiros exames são feitos nos seios nasais, olhos e cérebro.

Para identificar as bactérias, uma amostra de sangue é enviada para o laboratório para que a análise seja feita.

Por isso, caso algum dos sintomas seja sentido, o médico deve ser consultado o mais rápido possível.

Como é feito o tratamento?

O tratamento da trombose séptica do seio cavernoso possui três possibilidades, dependendo de qual for o quadro apresentado pelo paciente.

No entanto, antes de elencarmos quais são elas, é necessário pontuar que mesmo realizando algum tipo de intervenção médica é possível que a doença resulte em consequências graves ou então que ela seja fatal.

De toda forma, o tratamento pode ser feito da seguinte forma:

  • Antibióticos por via intravenosa;
  • Cirurgia com o intuito de drenar a infecção;
  • Corticosteroides ou uso de outros hormônios para combater.

As doses de medicamento são dadas pela veia e iniciadas imediatamente após o diagnóstico por parte do médico.

Já a drenagem é feita quando a pessoa não melhora após dado um dia do tratamento com antibióticos.

Por outro lado, o uso dos corticosteroides acontece nos nervos do crânio afetados, quando há necessidade.

Agora que você já sabe mais sobre a trombose do seio cavernoso e os sintomas da doença, recomendamos que um médico seja procurado o mais rápido possível caso algum sintoma apareça.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.