Quais são os sintomas de rejeição de implante dentário?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A rejeição ao implante dentário pode acontecer, entenda como identificar o problema

O implante dentário é usado frequentemente para substituir dentes faltantes. Além disso, o implante pode fazer parte de um tratamento mais complexo, no caso de acidentes ou infecções agudas. Apesar de altas taxas de sucesso, o procedimento pode ter complicações e o corpo demonstra sintomas de rejeição de implante dentário.

Essa rejeição pode levar a complicações mais graves e demandar um tratamento extenso. Por isso, nesse artigo, nós vamos contar quais são os sintomas de rejeição de implante dentário e o que deve ser feito após identificá-los.

É verdade que os procedimentos de implante dentário são um sucesso na maioria dos casos. A tecnologia evoluiu muito nas últimas décadas tornando o procedimento mais seguro, evitando os sintomas de rejeição do implante dentário.

Porém, não existem cirurgias sem riscos de complicações. E se a sua cirurgia de implante dentário não for um sucesso, por questões biológicas ou fatores externos, haverá uma rejeição do implante.

Você deve procurar seu cirurgião-dentista imediatamente se:

  • Houver pus;
  • Houver secreção constante após a primeira semana da cirurgia;
  • Não houver redução do inchaço, mesmo com gelo e medicamentos;
  • Dores constantes que não diminuem com os medicamentos prescritos pós-cirurgia;
  • Febre;
  • Mal estar excessivo e que não diminui com medicamentos;
  • Alteração da cor da gengiva no local do implante.

O que causa a rejeição do implante?

Existem diversos fatores que podem levar a rejeição do implante dentário. No entanto, com o avanço da tecnologia, a maior parte deles é descartado com um bom preparo pré-operatório.

Assim, os causadores de rejeição atualmente estão divididos em dois grupos:

  • Infecções bacterianas;
  • Falta de higiene no processo pós-operatório;
  • Bruxismo;
  • Tabagismo.

No caso das infecções, muitas vezes elas acontecem por conta do segundo ponto: a falta de higiene. Todos os pacientes implantados são orientados quanto à higienização bucal no pós-operatório, mas nem todos seguem as indicações.

Isso abre espaço para infecções, inflamações e outras complicações, que podem levar a perda do implante e comprometimento do tecido ao redor. Por isso, é preciso ter atenção redobrada com a higiene.

Já os pacientes com bruxismo precisam de orientação específica e tratamento pós-operatório adequado para que a força e atrito exercidos pela doença não causem problemas no implante.

O tabagismo é, talvez, um dos itens mais complicados da lista. A maioria dos pacientes fumantes têm complicações em procedimentos odontológicos por conta das substâncias do cigarro e da fumaça quente nos tecidos sensíveis.

Se você é fumante e vai passar por qualquer procedimento odontológico, pare de fumar, pelo menos, no período pós-operatório. Isso diminui os riscos de complicações e de uma rejeição ao implante!

Estou com sintomas de rejeição. E agora?

Se você identificou os sintomas é hora de procurar seu cirurgião-dentista para encontrar o melhor caminho a seguir. Portanto, a rejeição do implante de dente não significa que você irá perder o implante.

Dependendo da causa da rejeição e de quão rápido o problema for identificado, é possível salvar a peça e o trabalho feito na cirurgia. Isso, claro, com um tratamento intensivo e uma lista de cuidados que devem ser seguidos a risca pelo paciente.

Agora você já sabe quais são os sintomas de rejeição de implante dentário e o que fazer quando notá-los! Lembre-se: procedimentos odontológicos são assunto sério. Cuide-se!

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.