Quadrihélice: quando devo usar esse tipo de aparelho?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Aparelho ortodôntico visa expandir o arco palatino

Algumas pessoas contam com pouco espaço para o desenvolvimento de seus dentes, o que pode acarretar sérios problemas, como o apinhamento dentário. Para isso, existem tratamentos e aparelhos, como o quadrihélice.

Você conhece as indicações e os tipos de quadrihélice?

Quadrihélice é um tipo de aparelho fixo expansor utilizado para aumentar o arco palatino dos pacientes. Ele é indicado principalmente para pacientes que sofrem com a mordida cruzada posterior.

Quando é indicado o uso do aparelho quadrihélice?

O uso do aparelho quadrihélice é indicado principalmente para casos de mordida cruzada posterior. A mordida cruzada posterior é caracterizada por dentes superiores que ficam à frente dos inferiores.

Isso ocorre porque o osso mandibular não se desenvolve como deveria, ficando desarmonizado em relação ao maxilar. Dessa maneira, o aparelho para correção é utilizado mais comumente em dentições decíduas ou mistas.

Isso porque seu uso é mais eficiente em pacientes mais novos. Contudo, o tratamento também pode ser utilizado em dentições permanentes, em alguns casos especiais.

O tratamento visa a aplicação do forças no complexo dentoalveolar, comprimindo os ligamentos periodontais e, gradualmente, expandindo a estrutura palatina.

Essa expansão ocorre de forma simétrica na parte superior da arcada dentária. Ainda, esse tratamento pode ser realizado antes de outros tratamentos, como o uso de aparelhos ortodônticos.

Diferenças para outros expansores palatinos

O quadrihélice é um tipo de expansor palatino. Existem diversos tipos de expansor, utilizados para alinhamento da arcada dentária ou para fins estéticos.

Além disso, o expansor palatino também pode ser fixo ou móvel, com acrílico ou sem acrílico, com parafusos ou com molas. A mecânica de expansão pode ser lenta ou rápida.

No caso do aparelho quadrihélice, ele é fixo e conta com ação lenta e gradual, sendo que o tratamento comumente dura entre 4 e 6 meses.

Tipos de aparelho quadrihélice

Esse tipo de aparelho fixo para correção de mordida pode apresentar algumas variações dependentes de cada caso. Alguns exemplos são:

  • Aparelho quadrihélice com grade palatina que, além dos casos de mordida cruzada posterior, também pode ser utilizado em casos de mordida aberta anterior;
  • Aparelho com molas. Esses são utilizados nos casos onde há a necessidade de uma movimentação maior. Além disso, as molas podem ser digitais, simples ou duplas;
  • Aparelho unilateral, que é utilizado em ocorrências de mordida cruzada unilateral. Desse modo, podem ser feitas adaptações de acordo com as necessidades de aplicação de mais ou menos força.

Constituição do aparelho quadrihélice

O aparelho é constituído por um fio de aço inoxidável, que pode ser de 0.8 ou 0.9mm de diâmetro. Além disso, ele conta com um arco palatino. Esse arco é formado por 4 helicóides, sendo que 2 são anteriores e 2 são posteriores.

Dessa maneira, ele pode tanto ser soldado nas bandas, quanto encaixado nos tubos linguais. Essas bandas são fixadas nos dentes posteriores.

Adaptação ao aparelho quadrihélice

A adaptação ao uso desse aparelho pode ser bastante complicada em um primeiro momento.

Isso porque o paciente pode encontrar dificuldades para realizar as funções comuns da cavidade oral, como falar e mastigar, durante os primeiros dias.

Ainda, podem ocorrer marcas ou feridas na língua, excesso de salivação e dores nos dentes após as ativações.

Contudo, é importante ressaltar que é acomodação do aparelho quadrihélice na boca ocorre de forma natural, ao passo que os dias de uso passam, deixando de provocar grandes incômodos.

Valdir de Oliveira
Valdir de Oliveira
Valdir de Oliveira é cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Possui especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Também é professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilofacial e Harmonização Orofacial e voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil). Com o registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 52860, Valdir integra a equipe odontológica do Instituto Bernal e Oliveira, que está localizado na Avenida dos Imarés, 572A - Indianópolis, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.