Prednisona é usada em tratamentos odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Os efeitos da prednisona são anti-inflamatórios, antialérgicos e antirreumáticos

Algumas doenças e distúrbios do nosso organismo trazem efeitos prejudiciais ao dia a dia. Por isso, é necessário o uso de medicamentos. Um exemplo deles é a prednisona.

O tratamento com esse remédio depende do quadro clínico do paciente. Por isso, é importante consultar um profissional da área da saúde para entender como será o tratamento. Mas, afinal, o que é a prednisona?

A prednisona é um fármaco sintético. É um remédio que se configura como um glicocorticoide. Esse medicamento tem um efeito anti-inflamatório, antialérgico e antirreumático forte.

O remédio é comercializado em comprimidos de 5 mg e de 20 mg. Eles são pequenos, circulares e de cor branca. Além disso, são biconvexos. Mas é preciso lembrar que a dosagem vai depender da prescrição do seu profissional de confiança.

Agora, vamos ver quais são as indicações, as contraindicações, os efeitos colaterais e como é o uso da prednisona na odontologia.

Indicações e contraindicações da Prednisona

O remédio é indicado nas seguintes situações:

  • Distúrbios endócrinos: hiperplasia adrenal congênita e tireoidite não supurativa;
  • Distúrbios osteomusculares: osteoartrite (pós-traumática ou sinovite) e artrite psoriática;
  • Doenças do colágeno: cardite reumática aguda e dermatomiosite;
  • Doenças dermatológicas: dermatite bolhosa herpetiforme e eritema multiforme grave (síndrome de Stevens-Johnson);
  • Distúrbios alérgicos: rinite alérgica sazonal ou perene e dermatite atópica (neurodermatite);
  • Doenças oftálmicas: ceratite, herpes-zoster oftálmico, irite e iridociclite;
  • Doenças respiratórias: tuberculose pulmonar disseminada ou fulminante;
  • Distúrbios hematológicos: anemia hemolítica adquirida (autoimune) e eritroblastopenia;
  • Distúrbios neoplásicos: leucemias e linfomas;
  • Estados edematosos: induzir diurese ou remissão de proteinúria na síndrome nefrótica ou devida a lúpus eritematoso;
  • Outros: meningite tuberculosa.

Mas também não podemos nos esquecer que o remédio é contraindicado em algumas situações:

  • Pacientes que apresentam infecções sistêmicas por causa de fungos;
  • Pessoas com hipersensibilidades aos componentes da prednisona.

No entanto, é importante ficar atento às pacientes grávidas. Por isso, o acompanhamento do médico ou do cirurgião-dentista no uso de corticoesteroides é necessário.

Reações adversas da Prednisona

Embora as reações adversas ao corticoide estejam relacionadas com a dosagem e com a duração do tratamento, elas podem se manifestar de forma diferente em cada paciente.

Algumas das reações mais frequentes são:

  • Alterações hidroeletrolíticas: perda de potássio, retenção de fluidos e hipertensão;
  • Alterações osteomusculares: fraqueza muscular, osteoporose e perda de massa;
  • Alterações gastrintestinais: úlcera, distensão abdominal e pancreatite;
  • Alterações dermatológicas: processo de cicatrização mais demorado, pele fraca e fina, sudorese excessiva e dermatite alérgica;
  • Alterações neurológicas: convulsões, cefaleia e vertigem;
  • Alterações endócrinas: insuficiência suprarrenal e irregularidades no período de menstruação;
  • Alterações oftálmicas: catarata, glaucoma e exoftalmia;
  • Alterações metabólicas;
  • Alterações psiquiátricas: alterações do humor, depressão, hiperirritabilidade e insônia.

Como a Prednisona é usada na odontologia?

Confira o protocolo medicamentoso na odontologia da prednisona:

É importante ressaltar que para o paciente comprar a prednisona na farmácia, ele precisa ter em mãos a prescrição médica. Fora isso, deve seguir a orientação do profissional durante o tratamento e nunca se automedicar.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.