Devo usar ibuprofeno para diminuir a dor nos dentes?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O ibuprofeno pode atrapalhar quem usa aparelhos ortodônticos

Você já sentiu dor nos dentes? A sensação ruim causa incômodo em qualquer um e, por isso, recorremos à medicamentos, como o ibuprofeno.

Contudo, é importante lembrar que o ibuprofeno não substitui uma boa visita ao consultório odontológico.

Ibuprofeno é um medicamento anti-inflamatório muito utilizado para diminuir a dor de dente.

Ação do ibuprofeno

Esse medicamento é um agente anti-inflamatório não esteroidal. Isso significa que não é  derivado de hormônios. Ele atua inibindo a produção de prostaglandinas, que estimulam a inflamação.

Desse modo, é gerada a atividade anti-inflamatória e analgésica, reduzindo a dor e a inflamação.

Tipos de dores remediadas pelo ibuprofeno

Entre os tipos de dores nos dentes que podem ser diminuídas pelo uso desse anti-inflamatório, estão:

  • Dor após cirurgia ortodôntica;
  • Dor após remoção de um dente;
  • Dor causada pelo nascimento de um dente terceiro-molar, também conhecido como dente do siso;

Ibuprofeno e tratamentos ortodônticos

A movimentação dentária necessária para os tratamentos ortodônticos é causada por uma espécie de inflamação provocada.

Uma vez que os medicamentos anti-inflamatórios tendem a impedir o desenvolvimento dessa inflamação, ele acaba prejudicamento o bom andamento de movimento.

Assim, isso significa que o ibuprofeno transforma alguns tratamentos ortodônticos em processos mais lentos.

Exemplo disso são as correções realizadas com aparelhos ortodônticos.

Outra boa dica é evitar o uso de medicamentos como esse durante a gravidez ou em crianças com menos de 12 anos sem antes consultar um profissional da odontologia.

Além disso, a ingestão da substância é contraindicada para pessoas que já sofreram ou sofrem de úlcera gastrintestinal ou sangramento gastrintestinal.

Como usar o ibuprofeno?

O ibuprofeno é ingerido por via oral. A dose recomendada é de 1 ou 2 comprimidos de 200 mg.

O intervalo mínimo é de 4 a 6 horas para tomar outra dose.

O medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado, e também não se deve tomar mais de 6 comprimidos em 24 horas.

Visita ao dentista

Em alguns casos, a dor de dente não cessa mesmo após a ingestão do analgésico.

Assim, algumas situações necessitam atenção redobrada:

  • Dor que não melhora após 2 dias;
  • Dor acompanha de febre acima de 38ºC;
  • Sintomas de infecção (inchaço, vermelhidão, alterações no paladar);
  • Dor acompanhada de dificuldade para respirar ou engolir.

Riscos da automedicação

Automedicação é o hábito de ingerir remédios sem antes ter a indicação de um profissional responsável..

Contudo, essa prática pode trazer grandes prejuízos, tanto para a saúde bucal, quanto para a saúde do corpo em geral.

Entre esses problemas, um dos principais é a intoxicação.

Além disso, é normal que o surgimento desse quadro esteja relacionado com o uso desenfreado de medicamento analgésico ou anti-inflamatórios, como o ibuprofeno.

Além disso, algumas substâncias podem causar alergias no paciente. Essas reações alérgicas podem ser extremamente agressivas e, em casos mais graves, levar à morte.

Ainda, ingerir um medicamento sem prescrição pode trazer uma falsa sensação de melhora do sintoma, apenas mascarando uma possível doença que possa estar em seu organismo.

Por isso, é de extrema importância ressaltar que é indicado que o paciente se consulte com o médico dentista antes de se medicar com o ibuprofeno. Desse modo, o profissional poderá indicar a dosagem e horário de ingestão ideais para cada caso.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.