Hiperplasia oral é bastante recorrente em consultórios odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A doença pode se manifestar em diversas partes do nosso corpo, inclusive na cavidade oral

É extremamente comum que um dentista descubra algum tipo de hiperplasia oral em seu paciente durante uma consulta de rotina. Afinal, essa anomalia é bastante recorrente no meio odontológico.

O interessante é que, diferentemente das lesões neuroplásticas, a hiperplasia não possui crescimento autônomo. Assim, o seu processo evolutivo pode ser interrompido uma vez que seu agente causador é removido.

Hiperplasia é o aumento desgovernado do número de células presentes em algum órgão ou tecido. A anomalia pode ser classificada como patológica ou fisiológica.

Quando ela se caracteriza como patológica, é comum que o fator causador seja o estímulo de algum agente em excesso em nosso organismo.

Já quando a doença possui origem fisiológica, é normal que ele surja a partir de uma tentativa das células em atender alguma necessidade de nosso organismo.

Um exemplo recorrente é o que ocorre com as glândulas mamárias durante a gravidez.

Agora que você está por dentro do assunto, deve estar se perguntando: tudo bem, mas onde é que as hiperplasias se relacionam com a odontologia?

Bom, a resposta é simples! Existem algumas variações da doença que podem se apresentar em nossa cavidade bucal. Sendo assim, ocorre uma ligação direta entre a hiperplasia e a odontologia.

Então vamos conhecer as principais formas de manifestação dessa anomalia em nossa boca.

Hiperplasia gengival

Aqui encontramos a principal forma de manifestação da hiperplasia na odontologia. Hiperplasia gengival consiste no crescimento exagerado das gengivas, chegando a cobrir a coroa dentária nos dentes inferiores ou superiores.

Em epiléticos, essa condição costuma ser bastante comum e também em crianças. Porém, em relação ao restante da população, ela pode afetar pessoas de todas as idades ou sexos.

A hiperplasia da gengiva pode agir em grande ou pequena escala. Nos casos mais graves, provoca dor e desconforto para o paciente, além de interferir na fala e na mastigação.

Geralmente a doença é causada por alguma infecção bacteriana, reação medicamentosa ou algum trauma ou ferida sofrido na região das gengivas.

Hiperplasia papilar

Trata-se de uma anormalidade que afeta o nosso palato duro. Acaba sendo bastante notável, uma vez que o palato duro compõe estruturalmente o céu da boca.

O interessante é que a doença é frequentemente ligada ao uso excessivo ou prolongado de uma dentadura. A má higienização do acessório e até mesmo a má adaptação podem ser considerados fatores desencadeadores.

Hiperplasia fibrosa inflamatória

Esse tipo de hiperplasia é decorrente de um processo proliferativo não neoplásico. Ela é evidenciada através de uma origem inflamatória, proveniente de agentes físicos ou até mesmo traumas bucais.

Esse tipo de lesão é mais frequente em idosos, uma vez que, assim como a hiperplasia papilar, também está ligado ao uso recorrente de dentaduras.

Entretanto, essa anomalia pode ter como fator etiológico arestas de dentes cortantes, má higiene bucal, diastemas e inúmeros outros.

O seu principal sintoma envolve o crescimento desgovernado das células epiteliais da camada espinhosa, o que pode levar ao surgimento de múltiplas projeções papilares nessa superfície.

Assim, na maioria dos casos desse tipo de hiperplasia, o recomendado é que seja realizada uma remoção cirúrgica com uma certa margem de segurança.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.