Entenda tudo o que precisa saber sobre o fator de qualidade

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Quando se fala em atendimentos na área da saúde, diversos são os pontos que merecem atenção para que seja feito um bom atendimento ao paciente. Dentre eles, encontramos o fator de qualidade.

De toda forma, o fator de qualidade serve como forma de cálculo com o intuito de refletir qual é a qualificação de quem está prestando o serviço.

O fator de qualidade é um valor percentual aplicado sobre o índice de reajuste que ocorre todos os anos para todos para os prestadores de serviços na área da saúde, conforme determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

No entanto, essa aplicação do FQ é feita no contrato entre os profissionais de saúde e as operadoras de plano de saúde.

Agora, podem existir duas situações diferentes:

  1. Quando há uma previsão de livre negociação entre ambos os lados como única maneira de ocorrer reajuste;
  2. Casos onde não existe a possibilidade de um acordo após feita a negociação, perdurando durante os primeiros noventa dias do ano vigente.

Sendo assim, se você deseja entender melhor para que serve e como ele deve ser preenchido, confira conosco neste artigo.

Para que serve o fator de qualidade da ANS?

Instituído pela Agência Nacional de Saúde (ANS), este índice deve ser colocado sobre o IPCA, Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

E, de uma maneira geral, podemos entender que o FQ é uma maneira de qualificar o profissional da área de saúde.

Sendo assim, para ganhar destaque dentro do mercado de trabalho neste segmento, é de grande necessidade que uma pessoa formada em saúde faça uso deste fator.

Afinal, quanto maior for o índice de qualidade, mais propensa a pessoa se torna a conseguir pacientes, bem como fidelizá-los.

Além disso, ele também serve como uma pesquisa sobre os prestadores de serviço dessa área, oferecendo apoio para que sejam elaboradas novas políticas e programas neste segmento.

Como deve ser aplicado o fator de qualidade?

Como citado anteriormente, a forma de aplicação do fator de qualidade é sobre o IPCA no momento em que é firmado o contrato entre o prestador de serviço de saúde e as operadoras de plano de saúde.

Assim, uma vez que um dentista ou médico for contratado para fazer parte de um grupo de plano de saúde, deve constar no documento que firma o acordo este ponto.

É válido lembrar que a ANS realiza reuniões com o Comitê Técnico de Avaliação da Qualidade Setorial (COTAQ) para definir novos pontos.

Fora isso, também é feita a discussão sobre os que já estão vigentes.

Então, a recomendação é sempre ficar de olho nas atualizações para poder ver se está tudo de acordo ou não.

Como preenchê-lo corretamente?

Segundo estipulado pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), todos os dentistas que estão em atuação devem preencher este documento.

E, no entanto, é válido lembrar que a remuneração do dentista também foi um dos pontos estipulados em uma reunião da ANS com a COTAQ.

Portanto, o profissional de odontologia deve estar atento aos seguintes pontos:

  1. Respeitar a data limite para preenchimento;
  2. Procurar pelo tipo de questionário o qual o profissional se encaixa;
  3. Aqueles que não preencherem o FQ receberão um reajuste menor do IPCA, fazendo com que seu índice caia.

Após concluído o período de apuração de dados, a ANS realiza a divulgação da lista de prestadores de serviços de saúde que preenchem critérios conforme os níveis 105% e 100%.

No entanto, os parâmetros são diferentes dependendo de qual for o tipo de pesquisa realizada.

Não esqueça de realizar o questionário de fator de qualidade a fim de manter uma boa remuneração pelos serviços e um alto fluxo de pacientes.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.