Excesso de pasta de dente é sinônimo de mais limpeza?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Da mesma maneira em que tudo em excesso faz mal, o mesmo se aplica para a pasta de dente

Um dos componentes básicos para se realizar uma higiene bucal é o creme dental. Porém, será que você está usando um excesso de pasta de dente?

Utilizar um excesso de pasta de dente pode ser algo comum da maioria das pessoas. O que não significa que isso trará uma limpeza mais eficiente. É sobre isso que falaremos hoje neste artigo!

O excesso de pasta de dente, além de não ser mais benéfico, pode trazer certas complicações para os dentes.

Por mais que sua composição seja feita exatamente para a região da dentina, utilizá-los em grandes quantidades pode agredir a área.

O Excesso de Pasta de Dente Indica uma Limpeza Melhor?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, toda aquela espuma que é feita a partir do excesso de creme dental, não significa que seus dentes estão ficando mais limpos.

O caso, na verdade, é bem ao contrário. Esse excesso pode então atrapalhar a escovação. Isso se deve ao fato de que, ao ver toda aquela espuma, o paciente tenha uma falsa sensação de limpeza.

Dessa forma, isso acaba se tornando muito prejudicial, uma vez que pode fazer com que a pessoa diminua o tempo escovando os dentes por achar que já estão limpos o suficiente.

Malefícios do Excesso de Creme Dental

Como já explicamos anteriormente e todos sabem, tudo que é em excesso não costuma fazer muito bem.

Dessa forma, um dos erros ao escovar os dentes é o excesso de creme dental. Iremos explicar então porque esse excesso de creme dental faz mal.

  • Devido aos componentes para dar refrescancia, pode causar uma ardência na boca;
  • O flúor da composição em excesso pode afetar e gastar o esmalte dos dentes;
  • Quanto mais produto, mais a chance de ingeri-lo, o que em excesso, pode trazer desconfortos ao estômago.

Qual Quantidade Não é um Excesso de Pasta de Dente?

Bom, mas você deve estar se perguntando então em qual quantidade deve ser utilizada para não prejudicar a saúde dos dentes, certo?

A maioria dos cirurgiões-dentistas costuma dizer que não há uma quantidade exata. Porém, pode-se basear mais ou menos ao tamanho de uma ervilha.

Ainda assim, isso pode variar de pessoa para pessoa e quadro em que o paciente se encontra. Nas crianças, por exemplo, a quantidade deve se igualar ao tamanho de um grão de arroz.

Em pacientes que fazem o uso de aparelhos ortodônticos, pode ser que a situação mude. Uma quantidade maior pode ser então necessária.

Isso não significa maior limpeza, porém, como a escovação é mais trabalhosa, pode ajudar.

Fugindo do Excesso de Pasta de Dente

Existem alguns procedimentos que podem ser feitos que ajudam a evitar que você use pasta de dente em excesso na escova. Por isso, preparamos dicas para ajudar nesse momento:

  1. Faça um breve bochecho com enxaguante bucal antes de começar a escovar. Isso irá dar uma maior sensação de frescor;
  2. Passe bem o fio dental antes mesmo da escovação, eliminando os alimentos mais escondidos;
  3. Use uma escova para a língua. Ela não precisa de pasta e limpa perfeitamente bem a área.

Com todas essas informações e dicas, vai ficar fácil de evitar o excesso de pasta de dente e cuidar dos seus dentes da melhor forma possível.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!