Enfermagem também inclui cuidados com a saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Os profissionais da enfermagem acompanham pacientes do primeiro ao último dia de vida

Os cuidados com a saúde são divididos em uma grande variedade de áreas de estudo e atuação. Além dos odontologistas, que sempre citamos por aqui, também convivemos frequentemente com médicos e profissionais da enfermagem. Isso porque esses dois grupos trabalham em parceria na maior parte dos cuidados da saúde.

E é dos profissionais da enfermagem que vamos falar hoje. Quem são esses profissionais? Quais são suas funções? Como eles se envolvem com os cuidados bucais? Mas antes de entrarmos nesses tópicos, precisamos definir o que é enfermagem:

Enfermagem é o nome dado a ciência que busca implantar o tratamento de doenças e o cuidado ao ser humano. Esse cuidado pode ser individual, na família ou aplicado a toda uma comunidade de forma integral. De modo geral, os profissionais dessa área trabalham para promover, manter e restabelecer a saúde dos indivíduos.

Os profissionais da enfermagem

Se engana quem pensa que essa área da saúde é composta unicamente pelos enfermeiros. No Brasil, a área conta com a atuação de três profissionais diferentes: o enfermeiro, técnicos e auxiliares de enfermagem.

Cada uma dessas atuações exige um preparo e uma formação diferentes. Por isso, separamos cada uma delas em tópicos:

Auxiliar de Enfermagem

O auxiliar de enfermagem é um profissional que atua com atividades de níveis baixo a médio. Sua atuação é montada, orientada e supervisionada por enfermeiros.

Para atuar, é preciso fazer um curso específico para auxiliares. Esse curso tem duração média de um ano e meio.

Se você ficou curioso sobre quais são as responsabilidades desse profissional, adiantamos que são muitas! Por isso, separamos apenas algumas das atividades mais comuns.

Um auxiliar de enfermagem:

  • Prepara o paciente para consultas, exames e/ou tratamentos;
  • Auxilia na execução dos tratamentos
  • Aplica vacinas;
  • Colher material para exames laboratoriais;
  • Zela pelo bem estar do paciente, atuando na segurança, higiene, alimentação e conforto;
  • Faz, troca e limpa curativos (seguindo as indicações dos médicos ou enfermeiros).

O auxilar é um dos profissionais que pode ser responsável pela limpeza bucal dos pacientes. Assim, sua atuação é de extrema importância para garantir que pacientes internados, principalmente, mantenham a saúde bucal em dia.

Técnico de Enfermagem

O técnico em enfermagem tem funções muito parecidas com o auxiliar. No entanto, o técnico atua mais ao lado do enfermeiro, em situações de nível médio ou alto (nesse caso, sempre ao lado de médicos ou enfermeiros).

Para atuar, é preciso fazer um curso específico para técnico. Esse curso tem duração média de dois anos.

As funções desse profissional também são extensas, mas separamos as mais comuns. Assim, um técnico em enfermagem:

  • Oferece apoio e assistência ao enfermeiro para planejar atividades da área;
  • Presta assistência a pacientes em estado grave ou de alto risco;
  • Pode ter um contato mais frequente e direto com os pacientes internados;
  • Atua no controle e na prevenção de doenças;
  • Trabalha no controle do risco de infecção hospitalar.

Assim como os auxiliares, o técnico em enfermagem é responsável pela higiene bucal dos pacientes. São eles, em alguns casos, que farão a escovação e cuidados adicionais.

Enfermeiro

O enfermeiro é o que tem funções de nível alto e de maior complexidade. Suas funções não se limitam a supervisionar e orientar os técnicos e auxiliares, tendo atividades que apenas os enfermeiros podem realizar.

Para atuar, é necessário realizar um curso superior em Enfermagem. O curso tem duração média de cinco anos e pode ser matutino, noturno ou integral.

Para se ter uma ideia, existem mais de 40 especialidades para enfermeiros. Esses profissionais podem se especializar em áreas como: Oncologia, Saúde da Mulher, Transplantes, Diagnóstico por Imagem, Neurologia, Informática da Saúde e diversas outras.

Separamos algumas das funções mais comuns do enfermeiro. Confira:

  • Planejar e executar serviços de assistência a pacientes;
  • Prescrever assistência de Enfermagem;
  • Cuidar diretamente de pacientes em estado grave;
  • Tomar decisões que exijam conhecimento na área para salvar vidas;
  • Ajudar na prevenção de doenças transmissíveis;
  • Acompanhar mulheres em trabalho de parto;
  • Dar aulas em cursos de Enfermagem.

A enfermagem é uma área ampla, que tem atuação indispensável para a saúde. Não importa qual tipo de profissional da enfermagem você é, há muita responsabilidade em cada uma de suas ações.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.