Doenças autoimunes e seus impactos na saúde bucal

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

As doenças autoimunes podem afetar sua boca, ainda que indiretamente

Muitas doenças que afetam o corpo como um todo, como o câncer e a diabetes, refletem na nossa saúde bucal. O mesmo acontece com as doenças autoimunes.

Felizmente, existem várias técnicas de prevenção e cuidados para pacientes com doenças autoimunes. Nesse texto, vamos conversar um pouco mais sobre elas e dar todas as dicas para você!

As doenças autoimunes são doenças ligadas diretamente ao nosso sistema imunológico. Elas ocorrem quando o sistema passa a atacar células saudáveis do corpo, como se fossem inimigos.

Isso pode causar danos internamente ou feridas externas. Algumas doenças se apresentam diretamente na nossa boca, enquanto outras impactam indiretamente.

Quais doenças são autoimunes?

Existem diversos tipos de doenças autoimunes, cerca de 80 catalogadas atualmente. Algumas mais comuns do que outras, mas todas causam impactos na saúde bucal, em maior ou menor grau.

Por isso, se você possui uma dessas doenças, não deixe de ir regularmente ao dentista e seguir as instruções dadas por ele, para garantir sua higiene bucal.

Reunimos aqui algumas das doenças autoimunes mais comuns. São elas:

  • Diabetes tipo 1,
  • Artrite rematoide,
  • Lúpus erimatosa,
  • Lúpus eritematoso,
  • Esclerodermia,
  • Doença inflamatória do intestino,
  • Deficiências de imunoglobulinas seletivas.

Como evitar as doenças autoimunes?

Infelizmente, não existe um jeito para se evitar as doenças autoimunes. Isso porque a medicina ainda não descobriu qual fator leva o nosso sistema imunológico a atacar o próprio organismo.

É claro, ter comportamentos saudáveis sempre colabora para sua saúde. Desde se manter hidratado até visitar regularmente seu médico e seu dentista de confiança!

Como elas afetam a saúde bucal?

Imagine que seu corpo precisa ser defendido contra diversos tipos de bactérias e vírus todos os dias. Isso requer esforço do seu sistema imunológico, mesmo quando ele está trabalhando normalmente.

No entanto, quando seu sistema passa a atacar o próprio corpo, ele pode não dar conta do seu principal serviço: combater os inimigos externos.

Isso pode deixar seu corpo e, por consequência, sua boca mais suscetíveis as doenças. É dessa maneira, que doenças autoimunes se relacionam com a saúde bucal.

Outro fator é que, em muitos casos, o único jeito de tratar a doença autoimune é tomando remédios que anulam o sistema imunológico.

Ou seja, seu corpo estará sem a maior proteção contra os agentes externos. Nesses casos, os cuidados com a saúde bucal devem ser redobrados!

E claro, existem doenças que afetam diretamente a nossa boca. Separamos três exemplos comuns, confira:

Doença de Crohn

Ela envolve todo o trato gastrointestinal. Essa doença costuma atingir pacientes entre 20 e 30 anos, mas também pode ocorrer em idades mais avançada, como em torno dos 60 e 70 anos.

A doença de Crohn ataca a cavidade bucal em uma parcela significativa dos pacientes afetados. Os sintomas bucais incluem inchaço da gengiva, úlceras na boca e inchaço dos lábios.

Esses sintomas causam dificuldade para comer e podem ser os primeiros a aparecer.

Lúpus eritematoso sistêmico

Essa doença causa danos a partes do corpo como pele, juntas e rins. Se desenvolve principalmente em mulheres jovens, mas pode afetar homens e, em ambos os casos, não há idade definida.

O Lúpus causa febre, perda de peso e erupção no nariz e bochechas. A manifestação bucal mais significativa são as úlceras da boca; que podem ou não causar dores no paciente.

Psoríase

É uma doença autoimune da pele. Normalmente se desenvolve em pacientes na casa dos 20 e 30 anos, mas pode atacar em qualquer idade.

Os locais afetados mais comuns são o couro cabeludo, os cotovelos e os joelhos que ficam com placas brancas (que descamam e coçam).

Embora a psoríase não seja comum na boca, as lesões bucais podem ocorrer nos lábios, língua, palato e gengiva.

Tratamentos para doenças autoimunes

Cada doença autoimune terá um tipo de tratamento específico. Algumas precisam de medicação constante enquanto outras podem ser tratadas apenas quando surgirem efeitos.

Se você suspeita ter alguma dessas doenças autoimunes na boca, procure seu cirurgião-dentista. Quando antes você começar o tratamento, menor será os efeitos da doença!

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!