Tudo sobre a documentação ortodôntica e sua importância

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Documentação ortodôntica é um conjunto de exames que antecedem um tratamento

Antes de iniciar qualquer tratamento ou diagnóstico, o cirurgiã-dentista sempre vai precisar realizar exames. Na colocação de aparelhos, essa análise tem um nome específico: documentação ortodôntica.

Assim como a anamnese, que é, em síntese, uma entrevista entre o dentista e o paciente que debate os sintomas e outros detalhes, a documentação ortodôntica contribuiu para o diagnóstico do profissional.

A documentação ortodôntica é um conjunto de exames que têm como objetivo oferecer uma visão abrangente do paciente, possibilitando que o dentista obtenha maiores detalhes e entenda situação. Assim, atingindo um diagnóstico mais preciso.

Essa documentação envolve radiografias, fotografias intra e extrabucais, moldes de gesso das arcadas dentárias e análises cefalométricas e de modelos computadorizados.

Importância da documentação ortodôntica

Como a documentação envolve diversos exames, o dentista terá mais propriedade para iniciar tratamentos ortodônticos.

Ele terá informações suficientes para conhecer toda a boca do paciente, não se restringindo à examinação clínica. Dentre as principais ortodontias estão os exames para colocar aparelho.

Embora seja muito difícil os resultados revelarem que o paciente não pode usar aparelhos ortodônticos, eles fazem com que o dentista identifique a presença de outros problemas, que muitas vezes precisam ser resolvidos antes de prosseguir.

Com a ausência desses documentos, o dentista não poderá seguir ou começar quaisquer procedimentos. A falta deles resulta em:

  • Mau diagnóstico da arcada dentária;
  • Falta de clareza da situação óssea;
  • Dificuldade de planejamento, extensão do prazo e possível interrupção do tratamento odontológico.

E sobre a qualidade dos exames, eles devem satisfazer o profissional nos seguintes aspectos:

  • Legal

Registro documentado de como o paciente foi recebido, tratado e o caso concretizado.

  • Científico

Para analisar, estabelecer o planejamento e realizar o tratamento.

  • Didático

Esclarecer os casos de tratamento. São para o próprio paciente ou para montagem da documentação.

Tipos de documentação ortodôntica

Existem alguns tipos de documentação para tratamento ortodôntico, veja quais são:

Documentação ortodôntica simplificada

  • Radiografias panorâmicas;
  • Telerradiografia lateral;
  • Radiografias periapicais de incisivos;
  • Análise de erupção dos terceiros molares;
  • Análises de adenoides e vias aéreas;
  • Uma análise cefalométrica computadorizada;
  • Três fotos extrabucais;
  • Três fotos intrabucais;
  • Modelos de estudo;
  • Pasta com formulários para ortodontia.

Documentação ortodôntica simplificada com mão e punho

Além dos pedidos do conjunto de exames anterior, é pedido:

  • Radiografia de mão e punho;
  • Curva de crescimento.

Documentação ortodôntica simplificada sem modelos

Segue o padrão da documentação simplificada, mas sem ser necessário o uso de modelos de estudo.

Documentação ortodôntica standard

  • Radiografias panorâmicas;
  • Telerradiografia lateral;
  • Radiografia periapical dos incisivos;
  • Radiografia interproximal de molares;
  • Análise de erupção de terceiros molares;
  • Análise de adenoides e vias aéreas;
  • Três análises cefalométricas computadorizadas;
  • Três fotos extrabucais;
  • Cinco fotos intrabucais;
  • Modelos de estudo;
  • Pasta com formulários para ortodontia.

Documentação ortodôntica especial

São os mesmos  presentes na documentação ortodôntica standard, no entanto com:

  • Quatro análises cefalométricas computadorizadas;
  • Análise facial computadorizada frontal e de perfil.

Documentação cirurgia ortognática

  • Radiografias panorâmicas;
  • Telerradiografia lateral e frontal;
  • Radiografia periapical de incisivos.
  • Radiografia interproximal de molares;
  • Duas análises cefalométricas computadorizadas;
  • Análise cefalométrica e computadorizada frontral de Ricketts
  • Três fotos extrabucais;
  • Três fotos intrabucais;
  • Análise facial computadorizada frontal e de perfil;
  • Modelos de estudo;
  • Pasta com formulários para ortodontia.

Documentação ortodôntica final

  • Radiografias panorâmicas;
  • Telerradiografia lateral;
  • Radiografia periapical de incisivos;
  • Duas análises cefalométricas computadorizadas;
  • Sobreposição de traçados;
  • Três fotos extrabucais;
  • Três fotos intrabucais;
  • Modelos de estudo;
  • Pasta com formulários para ortodontia.

Agora que você entendeu como funciona a documentação ortodôntica, não deixe de seguir o planejamento traçado pelo dentista. Somente dessa maneira ele irá sanar todas as dúvidas e proporcionar um ótimo tratamento

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.