Como a disfunção da tireoide pode se manifestar na boca?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Protocolo para pacientes com disfunção da tireoide é diferenciado

O organismo humano é uma máquina completa. Por isso, quando uma parte apresenta anomalias, elas podem se manifestar em outras partes. Esse é o caso das manifestações orais da disfunção da tireoide.

Entenda como a disfunção da tireoide se relaciona com a odontologia e quais cuidados são necessários para os pacientes que contam com essa condição.

A disfunção da tireoide é cada vez mais comum entre a população mundial. Ela decorre do mau funcionamento da glândula tireoidiana. Ela é responsável por produzir hormônios essenciais para os índices metabólicos do corpo.

Podendo consistir em um quadro de hipotireoidismo (no qual ocorre a diminuição na produção dos hormônios tireoidianos) ou hipertireoidismo (que consiste no excesso de produção), as disfunções da glândula da tireoide causam grandes alterações na saúde humana.

Dessa maneira, entre os sintomas do hipotireoidismo, podemos citar a fadiga, a queda dos cabelos e o aumento de peso. O aumento das taxas de colesterol e do fluxo menstrual, o ressecamento da pele, a infertilidade e a depressão também são possíveis consequências.

Além disso, entre os sinais mais comuns dos casos de hipertireoidismo, estão:

  • Fraqueza muscular;
  • Cansaço;
  • Perda de peso;
  • Irregularidade menstrual;
  • Infertilidade.

Relação entre Disfunção da Tireoide e Odontologia

Quando vão ao dentista, é comum que as pessoas imaginem que a disfunção da tireoide e odontologia não tem nenhum tipo de relação. Contudo, essa condição pode provocar riscos para a saúde oral.

Nos casos de hipotireoidismo, principalmente aqueles nos quais a doença se desenvolve de maneira congênita, podem ser observadas alterações orais.

Desse modo, alguns exemplos são: lábios espessos, macroglossia (aumento do volume da língua), erupção dentária retardada e má oclusão.

Já os casos de hipertireoidismo comumente evoluem para casos de tireotoxicose, consequência da exposição dos tecidos alvo ao excesso de hormônios.

Desse modo, os problemas odontológicos que podem ser associados à tireotoxicose são a osteoporose envolvendo o osso alveolar, a cárie dentária e a doença periodontal.

Por isso, a saúde oral do paciente com distúrbio na tireoide deve ser tratada de maneira diferenciada dentro dos consultórios odontológicos.

Assim, o protocolo básico de atendimento vai variar de acordo com a situação clínica de cada paciente.

Atendimento para Pacientes com Disfunção

Caso a doença ainda não seja diagnosticada, é importante avaliar os sinais típicos da condição. Se necessário, solicitar a realização de exames laboratoriais para confirmar a quantidade de hormônios no organismo.

Em geral, são exames para TSH, T3 e T4 livre. Já em casos de doença diagnosticada, porém controlada, bastam as medidas preventivas. Elas são responsáveis por evitar o desenvolvimento de infecções orais agudas ou crônicas

Em alguns casos, a doença é diagnosticada, contudo não é controlada. Assim, o dentista deve evitar a realização de procedimentos cirúrgicos.

O uso de depressores do sistema nervoso central, como barbitúricos, narcóticos também deve ser evitado. Por último, é importante que seja solicitado o parecer de um médico especialista na área de endocrinologia.

Assim, como no caso de outras doenças sistêmicas, o dentista deve descobrir a existência de uma disfunção da tireoide durante a realização da anamnese. Essas informações facilitam e otimizam o planejamento do tratamento mais adequado para cada caso.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!