O que deixa os dentes amarelos ou amarelados e como resolver

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Diversos alimentos e bebidas podem causar o amarelamento dos dentes, mas há solução para esse problema

Dentes amarelos ou amarelados interferem diretamente na nossa autoestima. E, embora admiremos dentes brancos, muitas vezes não nos esforçamos para mantê-los assim por mais tempo. Algumas pessoas, por natureza, tendem a ter os dentes mais brancos que outras.

Devemos levar em consideração que hábitos do cotidiano influenciam, e muito, na coloração dental. Felizmente, dentes amarelos ou amarelados não são um sinal de doenças sérias. Mas, podem ser um indicativo de má alimentação, que interfere na saúde bucal e pode causar cárie.

Dentes amarelos ou amarelados surgem através da atuação prejudicial de determinados alimentos, bebidas e medicamentos. Com o passar dos anos, nossos dentes perdem o esmalte dentário que reveste a coroa, o que gera um desgaste natural e a mudança de cor.

Ou seja, também temos uma predisposição para que eles percam a cor original de acordo com o tempo. Isso acontece porque a dentina, a parte interna, aparece, e sua cor é mais escura.

Principais causas de dentes amarelos

Idade

Como dissemos, os dentes amarelam como parte natural do processo, em decorrência do desgaste diário que sofre.

Tabagismo

Produtos que contêm alcatrão, nicotina e metais pesados, presentes em cigarros e cachimbos, ajudam a manchar os dentes.

Ausência de higiene bucal

Não manter uma disciplina com a higiene da boca acelera ainda mais o processo de amarelamento.

A falta de escovação e de passar o fio dental sempre que ingerir algum alimento faz com que a placa e o tártaro se acumulem, o que estimula a degradação da coloração.

Remédios

Antibióticos que apresentam doxiciclina e tetraciclina escurecem os dentes de crianças menores de oito anos. Os anti-histamínicos, anti-hipertensivos e antipsicóticos, para os adultos, também ajudam no processo.

Sempre que for tomar algum tipo de remédio, verifique os possíveis efeitos colaterais, conversando com o médico, com o dentista e lendo a bula.

Vinho

O vinho é rico em taninos, que são polifenóis amarelos que mancham os dentes.

Vinagre

O vinagre, se usado com os alimentos certos, não é nocivo aos dentes. Como, por exemplo, quando adicionado na salada.

Café

O café contém cafeína, que é uma substância escura que amarela os dentes. Se misturá-lo com leite, o efeito de ambos inibe o efeito.

Molho de tomate

Se o molho de tomate cair em alguma roupa branca, dificilmente a mancha sairá. Com os dentes é mais ou menos assim. Ele funciona como um corante.

Refrigerante

Além do excesso de açúcar, um inimigo mortal dos dentes, os refrigerantes feitos de cola, pela sua cor altamente escura, os deixam facilmente amarelados.

E se estiverem gelados, os dentes sofrem uma contração, ficando mais desprotegidos, contribuindo ainda mais. Ok, já sei o que favorece a ter dentes amarelos. Mas o que eu faço agora?

Solução para dentes amarelos

Primeiro, é preciso manter uma escovação periódica, sempre que possível, após o consumo de alimentos, fazendo com que a ação deles diminua.

Existem também outras formas de tratamento que ajudam a clarear os dentes. A mais comum é o clareamento dental.

O clareamento dental é uma técnica que faz uso de substâncias químicas para modificar a cor dos dentes amarelos ou amarelados, devolvendo uma forma mais próxima à original.

E dentro do clareamento dental, há dois métodos conhecidos: a laser e a moldeiras.

Caso demonstre interesse, não esqueça de consultar um dentista para que ele escolha o tratamento mais adequado para melhorar os dentes amarelos e amarelados.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!