Como limpar a língua corretamente? Aprenda aqui!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Falta de higienização correta da língua pode causar saburra e mau hálito

Todo mundo sabe que a higienização dos dentes é fundamental para evitar bactérias e doenças orais. Contudo, o que poucos sabem é que a limpeza da língua é tão importante quanto. Por isso, saber como limpar a língua é essencial para manter a saúde bucal em dia.

Alguns processos específicos da higiene bucal, como limpar a língua, podem parecer pouco importantes. Porém, se a limpeza bucal não for realizada de forma adequada e completa, algumas complicações podem acometê-la, como o mau hálito ou até mesmo alguma patologia mais séria.

Para saber como limpar a língua, é preciso utilizar os instrumentos apropriados, como raspadores e limpadores linguais.

Confira o artigo que preparamos para te ensinar como limpar a língua da maneira correta!

Complicações relacionadas à falta de higiene lingual

Complicações relacionadas à falta de higiene lingual

Como dissemos, a limpeza completa do ambiente oral é de extrema importância para a manutenção da saúde bucal. Escovar os dentes sem limpar a língua de forma adequada é o mesmo que limpar a casa e não aspirar os carpetes!

Ou seja, além de incompleta, a limpeza acaba por ser ineficiente, uma vez que a sujeira do carpete volta a empoeirar o restante da casa.

O mesmo acontece com a cavidade bucal. Para garantir a eficiência, todas as regiões devem receber o devido cuidado, inclusive a língua.

Quando negligencia-se sua higiene, a língua torna-se um ambiente propício à proliferação de bactérias, o que resulta no aparecimento de alterações e doenças bucais. Dois bons exemplos de complicações relacionadas à falta de higiene lingual são a saburra lingual e o mau hálito.

Saburra lingual

Saburra lingual, também conhecida como língua branca, é o nome dado ao acúmulo de bactérias, restos de alimentos e células descamadas na superfície da língua.

Essa condição é caracterizada pela formação de uma placa branca, de fácil visualização, que se prende às papilas linguais. Daí o nome “língua branca”.

A causa da saburra lingual associa-se principalmente à má higienização da boca.

Tudo começa com a descamação da mucosa interna da boca. Essa descamação pode ser causada por diversos fatores, como o uso de aparelho ortodôntico ou pelo simples hábito de respirar pela boca.

As pequenas partículas de pele se acumulam na língua, atraindo as bactérias que vivem normalmente na cavidade bucal.

Assim, aliado à má higienização, a língua também ganha novos restos de alimentos, fator que nutre ainda mais as bactérias existentes ali, tornando o ambiente propício para sua proliferação. E logo se forma a saburra lingual.

Alguns casos de saburra podem ser tão graves que a placa bacteriana encobre as papilas gustativas por completo, alterando o paladar.

Fora isso, é a partir da saburra que ocorre outro problema muito familiar: o mau hálito!

Mau Hálito

Cerca de 60% dos casos de halitose, o mau hálito, são decorrentes da saburra lingual.

Acontece que os microrganismos que vivem na língua, por razão da saburra, ao alimentar-se de restos orgânicos, tendem a liberar os chamados compostos sulfurados voláteis (CSVs) por meio da metabolização de substratos que contém enxofre. Esses gases são os responsáveis pelo odor na boca.

Apesar de incomodo, o mau hálito é uma condição comum em certas situações, como ao acordar. Por isso, é necessário escovar os dentes. E se esse processo negligenciarmos a limpeza da língua, não estaremos combatendo a halitose por completo.

O que usar para limpar a língua?

O que usar para limpar a língua?

Para garantir a limpeza correta da língua, o mercado conta hoje com diversos utensílios de higiene bucal que proporcionam excelentes resultados. São eles:

  1. Raspador lingual;
  2. Limpador lingual;
  3. Limpador da escova de dentes;

Raspador lingual

O raspador de língua, utilizado literalmente para raspar toda sujeira e bactéria para fora da língua, consiste numa haste de metal ou de plástico, com uma ponta oval.

Seu formato é anatômico e não apresenta desconforto ao seu paciente. Sua ponta oval deve ser movida delicadamente sobre a superfície da língua para remover o acúmulo de placa.

Limpador lingual

O limpador de língua possui formato muito similar ao raspador, sendo igualmente uma haste com uma ponta oval.

O que diferencia esses dois utensílios são as cerdas concentradas na ponta do limpador, usadas para intensificar o processo de limpeza. Mas a forma de usá-lo é a mesma.

Escova de dentes com limpador

A escova de dentes com limpador pode ser a mais popular entre os três, já que está acoplada na parte traseira da maioria das escovas disponíveis no mercado.

Por essa razão, também pode ser considerado o limpador mais prático entre os demais, mas será que é tão eficiente como os outros?

A resposta é: depende do caso. O raspador, por exemplo, é indicado para pacientes que possuem ânsia ao limpar a língua.

Já o limpador é considerado mais eficaz, por seu poder de limpeza é ampliado pelas cerdas.

O limpador da escova, por sua vez, além de prático, possui um desempenho muito similar ao raspador.

Em contrapartida aos três, o que realmente deve ser evitado é o uso das cerdas da escova de dentes para higienizar a língua. Mesmo que não traga riscos, escovar a língua com uma escova convencional não é uma prática tão eficaz quanto as anteriores.

Isso ocorre porque as cerdas da escova foram projetas especialmente para a limpeza dos dentes, que apresentam uma superfície muito mais lisa que a da língua.

A língua é áspera e possui reentrâncias, o que dificulta a limpeza da escova.

Como fazer a higiene da língua

Como fazer a higiene da língua

É preciso tomar alguns cuidados com a língua ao realizar sua higienização. Se feita incorretamente, pode machucar as papilas gustativas.

Para não ter erro, preparamos uma passo a passo para ensinar você sobre como fazer a higiene da língua da forma correta. Confira:

  1. Escolha o utensílio de higiene lingual que mais se adapte às suas necessidades;
  2. Se realizada após a limpeza dos dentes, utilize o restante de espuma para deslizar o utensílio mais facilmente sobre a superfície da língua;
  3. Independente da ferramenta escolhida, a limpeza deve ser feita no sentido de dentro para fora;
  4. O objetivo é “varrer” a sujeira para fora da língua, por isso repita o movimento algumas vezes. mas sem colocar muita força;
  5. O utensílio deve explorar toda a área da língua para garantir a limpeza completa;
  6. Enxágue bem a boca para remover a sujeira.

Por fim, vale lembrar que todos esses utensílios precisam ter supervisão do dentista para serem usados. Afinal, ele é quem melhor pode instruir o paciente sobre como limpar a língua!

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.