Chaves de oclusão de Andrews determinam tratamento ortodôntico

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui a importância das chaves de oclusão de Andrews para a área da Odontologia

Os profissionais da área da odontologia estudam sistemas e classificações para entender mais sobre questões relacionadas à cavidade bucal. Os ortodontistas, por exemplo, se baseiam nas chaves de oclusão de Andrews.

Esse sistema de classificação é utilizado, principalmente, na hora dos diagnósticos e tratamentos das oclusões dentárias dos pacientes. Mas, afinal, o que são as chaves de oclusão de Andrews?

As chaves de oclusão de Andrews indicam as características ideais para uma oclusão dentária adequada do ponto de vista morfológico. Importante: no total existem seis chaves de oclusão de Andrews.

Se você ficou interessado pelo assunto, então fique ligado neste artigo! Isso porque vamos tirar todas as suas dúvidas e mostrar curiosidades sobre as chaves de oclusão. Vamos começar?

Conhecendo Mais Sobre as Oclusões Dentárias

A oclusão dentária indica o contato entre a parte superior e inferior da arcada dentária. Dessa forma, os dentes ficam alinhados e o encaixe é considerado adequado.

Além disso, uma oclusão dentária correta permite que algumas funções da cavidade bucal tenham um desempenho positivo, como:

  • Função mastigatória;
  • Função fonética; e
  • Função de deglutição.

No entanto, para uma oclusão ser considerada perfeita, ela precisa seguir as características do sistema de chaves de Andrews.

Quais São as Chaves de Oclusão de Andrews?

Como já vimos no começo deste artigo, há seis que determinam a oclusão perfeita de Andrews. Elas são:

  1. Relação dos molares ou interarcos;
  2. Angulação das coroas;
  3. Inclinação das coroas;
  4. Rotações;
  5. Pontos de contatos interproximais; e
  6. Curva de Spee.

Relação dos Molares ou Interarcos

A chave 1 apresenta as seguintes características:

  • As cúspides mesiovestibulares dos primeiros molares permanentes superiores permanentes devem ocluir nos sulcos mesiovestibulares dos dentes antagonistas;
  • As cristas marginais, que são distais, dos dentes 1º molares superiores precisam ocluir com as cristas marginais, que são mesiais, dos dentes 2º molares inferiores;
  • As fossas centrais dos primeiros molares devem ser ocluídas pelas cúspides mesiopalatinas dos primeiros molares;
  • As cúspides vestibulares dos pré-molares superiores precisam ter a relação cúspide-ameia com alguns dos dentes pré-molares;
  • As cúspides dos pré-molares superiores precisam ocluir as fossas distais de alguns dentes pré-molares;
  • Dentes caninos superiores fazem uma chave adequada com a relação cúspide-ameia com os dentes caninos e pré-molares; e
  • Dentes incisivos superiores participam na sobremordida sobre os dentes inferiores.

Angulação das Coroas

A chave 2 indica que o eixo da angulação das coroas são inclinadas de forma mesial.

Inclinação das Coroas

A chave 3 O eixo das coroas referentes ao plano oclusal e por meio da tangente das faces vestibulares apresenta que:

  • Os dentes incisivos centrais e incisivos laterais, todos da arcada superior, garantem uma inclinação de coroa positiva; e
  • Os dentes pré-molares e molares, tanto da arcada superior como da inferior, assim como os incisivos da inferior têm crescimento pela direção posterior.

Rotações

A chave 4 é marcada pela ausência de rotações nos arcos dentários. Dessa forma, não há espaços interdentários e o perímetro é normal.

Pontos de contatos interproximais

A chave 5 é caracterizada por uma relação interproximais justa, sem muita discrepância.

Curva de Spee

A chave 6 estabelece que o nivelamento da curva de Spee deve ser suave ou plano.

O Que Acontece Quando a Oclusão Não é Adequada?

Quando o paciente não apresenta as chaves de Andrews de forma perfeita, quer dizer que ele apresenta algum tipo de má oclusão dentária. Dessa forma, é preciso realizar o tratamento ortodôntico.

Agora, que tal marcar uma consulta com o dentista de confiança? Dessa forma você entende se as suas chaves de oclusão de Andrews estão adequadas ou se você precisa de um tratamento ortodôntico.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.