Tudo sobre a bochecha: formação e doenças frequentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui os principais procedimentos odontológicos que envolvem a bochecha

Conhecer a anatomia da nossa face é essencial para manter a nossa saúde, inclusive a saúde bucal. Nossa bochecha, por exemplo, pode sofrer com patologias ou ser alvo de procedimentos estéticos.

O acompanhamento do cirurgião-dentista é importante para checar se a sua bochecha está saudável.  O profissional também pode ser responsável por mudanças na sua aparência.

Bochecha é a área lateral presente nos dois lados da face. É uma parte do nosso rosto formada por tecido adiposo, músculos, nervos e articulações.

Neste artigo iremos tirar todas as suas dúvidas e curiosidades sobre a bochecha. Vamos começar?

Conhecendo mais sobre a formação da bochecha

As bochechas são constituídas por músculos esqueléticos e pelo tecido adiposo (bola de Bichat). Na parte interna, as glândulas salivares estão presentes nessa área

Além disso, elas são vascularizadas pela artéria bucal. As bochechas também têm inervação do nervo maxilar e do nervo mandibular. Com toda essa formação, são responsáveis pela movimentação e pela mastigação.

Quais são as doenças mais frequentes?

Assim como qualquer outra parte do nosso corpo, as bochechas também podem ser afetadas por doenças graves. Desse modo, algumas das alterações mais frequentes são:

  • Hemangioma: tumor benigno;
  • Leiomioma: tumor benigno;
  • Lipossarcoma: neoplasia maligna;
  • Bochecha inchada: pode ser causada por picadas, medicamentos, alergias e até por abscessos crônicos ou agudos;
  • Bochecha vermelha: sintoma da doença da bofetada;

Principais procedimentos odontológicos

Você sabia que as bochechas também são afetadas pelo tempo? É isso mesmo. As bochechas ficam com marcas de expressões e até podem fica um pouco flácidas e caídas.

Por isso, muitas pessoas procuram por procedimentos odontológicos estéticos que promovem o rejuvenescimento das bochechas. Fizemos uma lista com os tratamentos mais comuns.

Bichectomia

A bichectomia é a cirurgia irreversível para remoção da bola de Bichat, um tecido gorduroso. Popularmente, é conhecida como a cirurgia que reduz significativamente a projeção das bochechas.

O procedimento tem fins estéticos para harmonizar a face do paciente. Assim, também pode ser usada para reduzir traumas na mucosa da bochecha.

Os profissionais indicados para esse procedimento são aqueles que têm especialização em cirurgias, como os cirurgiões-dentistas e os cirurgiões plásticos.

Botox

O Botox é um procedimento inicialmente feito para fins estéticos.

Através da toxina botulínica, que é produzida por uma bactéria chamada Clostridium Botulinum, o método consiste em suavizar as rugas e as linhas de expressão do rosto.

Quando aplicada, a toxina tranquiliza o músculo e produz um relaxamento na região porque bloqueia o acetilcolina, um neurotransmissor. Assim, a pessoa aparenta ser mais jovem, pois suas marcas se alongam, desaparecendo.

Seus efeitos começam a aparecer dentro de quatro dias. Em sete, já mostra o resultado da aplicação. Porém, os retoques devem ser feitos a cada três a seis meses, variando de acordo com cada paciente.

Preenchimento facial

Ele é um procedimento que injeta substâncias modeladoras biocompatíveis nas camadas da pele. Desse modo, o objetivo é dar uma aparência mais nova para a pele.

Normalmente, os profissionais fazem o preenchimento facial com ácido hialurônico, que é uma substância produzida naturalmente no nosso corpo e é responsável pelo preenchimento e volume dos tecidos.

Eles aplicam a substância abaixo da pele. O procedimento é rápido, seguro e pode ser realizado no próprio consultório odontológico. Ou seja, pode fazer com tranquilidade!

Converse com o cirurgião-dentista especializado para entender qual é o melhor procedimento para manter a saúde e juventude da sua bochecha.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.