Atendente de consultório odontológico: funções e importância

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

São eles quem têm o primeiro contato com os clientes: e isso pode definir o sucesso do seu consultório!

Ao abrir um consultório, o dentista precisa investir tempo e dinheiro no negócio. São muitos detalhes que podem fazer a diferença, como por exemplo: devo contratar uma atendente de consultório odontológico?

Qual o papel desse profissional? Qual sua importância na hora de conquistar um paciente? Vamos abordar isso e muito mais neste artigo. Para começar, quem é o atendente de consultório odontológico?

O atendente de consultório odontológico é aquele que vai recepcionar seus pacientes e ter a primeira conversa, ainda que por telefone. Em alguns casos, o atendente pode ter um papel duplo, atuando como recepcionista e auxiliar de saúde bucal.

A voz do consultório

O atendente de consultório odontológico é, primeiramente, a voz do seu consultório. É ele ou ela quem vai conversar com os pacientes pelo telefone, agendar consultas e procedimentos, além de recepcioná-los no dia do atendimento.

Por isso, escolha esse profissional com cuidado. O trabalho e atuação dele será tão importante quanto o seu, na hora de cativar seus pacientes.

Entenda: ninguém volta em um ambiente onde foi mal tratado ou visto com indiferença. Um péssimo atendimento por telefone e falta de organização também levam o paciente a desistir da consulta!

O dentista não pode ser atendente?

Muitos dentistas, principalmente no inicio da carreira, optam por não ter um atendente em seu consultório. No entanto, essa decisão tem algumas consequências diretas, como:

  • Sobrecarga de trabalho para o dentista;
  • Perda de pacientes.

O primeiro ponto é óbvio: o dentista passa a assumir a responsabilidade de dois cargos. No entanto, é o segundo ponto que muitos não percebem.

Veja, se você está com um dia cheio de consultas, consequentemente você não terá tempo para atender telefonemas. Isso significa que você irá perder todos os pacientes que ligarem naquele dia.

Além disso, você não terá tempo para fazer coisas simples, como recepcionar os pacientes quando chegam e se despedir deles com atenção. Afinal, outro paciente já estará ali, esperando pelo atendimento.

Essa rotina, ao longo do tempo, além de cansar o profissional irá repercutir no bom andamento e crescimento do consultório!

O que um atendente de consultório precisa saber?

Agora que você entende a importância desse profissional em um consultório dentário, vamos aos pontos do perfil desse profissional.

A escolha do atendente será definitiva para o sucesso do seu consultório – como já dissemos, ele será sua voz e o primeiro contato com os pacientes.

Por isso, separamos alguns pontos do perfil ideal de um atendente de consultório:

  • Comunicativo;
  • Simpático e empático;
  • Organizado.

Há também alguns conhecimentos necessários. Isso irá depender muito de quais plataformas você irá usar!

Por exemplo, se você tem uma agenda online, um atendente com facilidade ou conhecimentos prévios de internet é essencial.

Analise e faça uma lista de todas os conhecimentos que o atendente precisa ter para efetuar o trabalho. É essa lista que será a peneira dos currículos!

Depois de selecionar o profissional, não deixe de ter uma longa conversa explicativa. Introduza-o na rotina do consultório, na sua área de especialidade, nos termos que ele irá ouvir e trabalhar com.

A odontologia, infelizmente, ainda não é uma área no contato de todas as pessoas e possui muitos termos desconhecidos ao público em geral.

Por isso, não é obrigação do atendente saber tudo sobre odontologia! Converse, explique e tenha certeza de que seu atendente esteja bem ambientado e seguro do que sabe para atender seus pacientes!

Atendente e auxiliar, pode?

Se o atendente for te auxiliar em qualquer aspecto da consulta, ele deve ter capacitação profissional para tal. Isso deve ser uma das exigências para o cargo e você deve checar a qualificação de todos!

Algumas funções que o atendente capacitado pode realizar:

  • Auxiliar de instrumentação cirúrgica;
  • Auxiliar no controle de infeção;
  • Auxiliar de saúde bucal.

Quanto ganha um atendente?

O salário mínimo de um atendente de consultório odontológico costuma ser de 1500 reais. No entanto, esse valor sobe quando falamos de um profissional com outras responsabilidades além de recepcionar, agendar e organizar.

Lembre-se: salário justo é um direito! Confira todas as leis de contratação antes de assinar o contrato.

Agora você já sabe quem é, funções e importância, do atendente de consultório odontológico! Faça uma decisão consciente e escolha o melhor perfil para o seu consultório.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

One Reply to “Atendente de consultório odontológico: funções e importância”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.