Apinhamento dental: causas, características e tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Trazendo dificuldades de sorrir, pode interferir diretamente na autoestima do paciente

Existem diversos problemas e tipos de alterações que podem exigir um tratamento ortodôntico. Entre os mais comuns está o apinhamento dental.

O apinhamento dental costuma ser algo que mexe bastante com a autoestima do paciente. Portanto, quanto mais cedo é feito o diagnóstico e tratamento, melhor será para quem está sofrendo com o problema.

Apinhamento dental é uma alteração nos dentes que os deixam tortos e apinhados. Ou seja, quando um elemento dental fica sobre o outro, causando desconforto estético e funcional.

Geralmente, esse problema costuma ser causado por uma falta de espaço adequada para o crescimento dentário. Assim, os dentes acabam empurrando uns aos outros, entortando-se e se ajustando onde couberem.

Características do Apinhamento Dental

Como já começamos a explicar então, o apinhamento dentário é nada mais do que uma alteração que ocorre com relação a posição em que o dente se encontra.

Principalmente, é muito normal que isso ocorra com mais frequência nos dentes antero inferiores.

Caso o apinhamento ocorra de fato, as características que o identificam são que costumam apresentar certos giros laterais, mesmo que pequenos e estão posicionados ou mais para frente ou para trás.

Quais as Causas de um Apinhamento Dental?

É importante que o cirurgião-dentista explique ao seu paciente que, fazendo uma primeira análise, esses dentes tortos apresentem características genéticas e hereditárias.

Porém, existem também casos em que isso ocorre por causa do dente do siso, por exemplo. Quando não há um espaço adequado para que ele nasça, acaba apinhando os dentes da frente.

Outras causas para esses dentes encavalados que, por mais que ocorram com menos frequência, podem também envolver:

  • Situações de traumatismo a partir de pancadas ou quedas;
  • Casos de dificuldade em se respirar pelo nariz, recorrendo então muito à boca;
  • Nas crianças que ainda estão desenvolvendo os maxilares e esses estão em crescimento

Todos esses casos, independentemente de serem mais comuns ou não, possuem diferentes formas de tratamento, cada um para a situação.

Tratando o Apinhamento Dental

O método de tratar esse problema começa então primeiramente com um tratamento ortodôntico. Porém, cada caso é um caso, então esse se divide em duas opções:

  1. Aparelho fixo – geralmente, os aparelhos fixos são mais recomendados nos casos de pacientes que já são adolescentes ou adultos. E existem diversos tipos e modelos;
  2. Aparelho móvel – também conhecido como aparelhos removíveis, são então indicados apenas para as crianças.

Existem alguns casos também que pode ser necessário realizar uma extração de dente encavalado. Por mais que não seja sempre necessário, cabe ao dentista confirmar se é o mais adequado ou não.

Normalmente isso ocorre somente nas situações em que há presença de um apinhamento dental severo, onde somente um tratamento com aparelhos ortodônticos não será o suficiente.

Os aparelhos transparentes, conhecidos como alinhadores, também pode ser utilizados no tratamento de apinhamento dental pelos pacientes que se sentem incomodados com a aparência do aparelho metálico. É tudo uma questão de conversar com seu dentista e, juntos chegaram a melhor opção.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Compartilhe sua opinião

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!