Anafilaxia é bastante perigosa e requer cuidados especiais

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A anafilaxia pode ser causada por substâncias presentes no consultório odontológico

Medicamentos são importantes para tratar doenças e conter sintomas. No entanto, eles precisam ser prescritos e ter seu uso supervisionado pelo cirurgião-dentista, já que pode incitar reações adversas, como a anafilaxia.

Mas dentro do consultório odontológico é possível que outros fatores desencadeiem a anafilaxia, por conta dos materiais utilizados. Um deles é a prótese dentária, que é feita de metais.

A anafilaxia ou anafilaxis é uma reação alérgica que, muitas vezes, é grave. Quando o paciente é exposto a um alérgeno, em poucos minutos ele demonstra alguns sintomas. E se ele não for socorrido a tempo, a hipersensibilidade pode causar obstrução das vias aéreas, sendo fatal.

Por que acontece a reação alérgica?

Ao entrar em contato com determinadas substâncias, o organismo classifica-as como perigosas. Assim, libera anticorpos para combatê-las. Mas há a possibilidade da reação ser muito intensa, resultando em choque anafilático.

Causas da Anafilaxia

Existem diversas causas para a anafilaxia. Veja quais são:

  • Medicamentos, principalmente a penicilina;
  • Alimentos, como oleoginosas, derivados de leite e frutos do mar;
  • Picadas de insetos;
  • Metais, como níquel;
  • Látex.

Sintomas da reação alérgica

Os sintomas das alergias são:

  • Inchaço na garganta, nos lábios, na língua e nas pálpebras;
  • Coceira no corpo;
  • Estreitamento das vias aéreas que resulta em dificuldade de respirar;
  • Dificuldade de deglutição;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Cólicas;
  • Náuseas;
  • Mal-estar;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Tosse;
  • Rouquidão.

Tratamento da Anafilaxia

O principal recurso terapêutico é baseado na injeção de epinefrina (adrenalina), que é um medicamento antiasmático, vasopressor, que reduz o inchaço, a urticária e estimula o batimento cardíaco. Ela é usada em casos de urgência.

Máscaras de oxigênio ajudam na respiração, devido à obstrução das vias aéreas. Anti-histamínicos e corticoides também são bastante utilizados.

Em seguida, o medico irá procurar identificar o que ocasionou a alergia. E, ao descobrir, recomendará que o paciente fique longe da substância.

Choque anafilático na odontologia

A anafilaxia em odontologia normalmente envolve amoxicilina e próteses dentária.

Amoxicilina

Como dissemos, alguns remédios sugeridos pelo dentista podem causar alergias medicamentosas ou até mesmo choque anafilático, como a amoxicilina, uma penicilina semissintética.

Ela é usada em tratamentos de infecções orais, como inflamações endodônticas, abscessos dentários e doenças periodontais. Mas também há a possibilidade de administrá-la como prevenção, antes de cirurgias na cavidade bucal, por exemplo.

Para pacientes que são alérgicos à ela, é indicado o uso de azitromicina no lugar, um outro antibiótico de função semelhante.

Próteses dentárias

A prótese dentária fixa substitui a ausência de um dente. Por meio de um pino inserido no tecido gengival, a prótese é cimentada no local. Elas podem ser feita de metal ou de porcelana.

Quem possui aversão a determinados metais tem de ficar atento porque é possível originar a anafilaxia. Além disso, pode ser que ela ainda inflame a gengiva. E em casos mais severos, leva à perda de dentes.

Mas existem situações que a alergia não é muito bem demonstrada, demorando um bom tempo até ser descoberta. Isso provocaria danos irreversíveis à boca, como perda óssea alveolar.

Antes de chegar a esse ponto, os indícios começam por meio da gengivite, da retração gengival, do mau hálito e da pigmentação gengival.

Para evitar que se inicie um processo de anafilaxia, o dentista deve substituir a prótese de metal por uma de porcelana.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.