Conheça a acromegalia, o gigantismo na fase adulta

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A acromegalia causa crescimento excessivo de algumas partes do corpo e prejudica a saúde

Durante a fase adulta, o excesso de crescimento desordenado de algumas partes do corpo podem indicar uma alteração hormonal, conhecida como acromegalia. É uma das anomalias que afetam o corpo humano como um todo, incluindo a cavidade oral.

Por isso, neste artigo, separamos todas as informações sobre a acromegalia. Antes de começarmos, é importante entender a definição da doença:

Acromegalia é uma doença causada por alteração hormonal. Ela acontece quando a glândula hipófise libera excesso de hormônio do crescimento (GH). Em resposta, o fígado é estimulado a produzir a proteína IGF-1, semelhante à insulina tipo 1, que desenvolve os músculos, cartilagens e ossos do corpo.

Com os hormônios desregulados, o crescimento acontece de forma anormal.

A mesma doença muda de nome quando encontrada em crianças. No caso, é chamada de gigantismo, já que ocasiona o aumento da estatura.

Características da Acromegalia

A doença do excesso de crescimento causa o aumento do crânio, mãos, pés, orelhas, nariz, queixo, língua, espaçamento entre os dentes e de outras partes do corpo humano.

Para além das mudanças físicas, outros sintomas da acromegalia são: dores nas articulações e na cabeça, dormência nas mãos e problemas respiratórios, cardiovasculares, neurológicos e visuais.

Por isso, seu diagnóstico é feito parte por exame clínico e comprovado por exames laboratoriais.

O Que Causa Acromegalia?

Normalmente, a causa dessa doença é a presença de um tumor benigno na hipófise. Contudo, em casos menos recorrentes, também pode ocorrer por:

  • Mutações genéticas;
  • Adenomas em partes do corpo que produzem o hormônio do crescimento, como o pâncreas.

Como o crescimento do tumor é lento, o diagnóstico para acromegalia aparece, em média, em sete a dez anos.

A faixa etária entre 30 a 50 anos é a mais diagnosticada, a partir de exames de dosagem do hormônio de crescimento ou de IGF-1 em excesso no sangue.

Outros procedimentos que também auxiliam na descoberta são os exames de imagem. Asim, na maior parte dos casos, são indicadas radiografias, ressonância magnética e tomografias computadorizadas do crânio, mãos e pés.

Acromegalia e Odontologia

Com o crescimento do queixo, língua e da mandíbula e o espaçamento entre os dentes, a acromegalia na odontologia é presente. Afinal, todos esses elementos comprometem a saúde bucal e a estética do sorriso.

Após o diagnóstico do neurologista, o dentista trabalha para corrigir o tamanho dos ossos do maxilar e da mandíbula por meio de uma cirurgia ortognática.

Além disso, esse procedimento visa corrigir a mastigação e a harmonia facial.

Tratamento da Doença

O tratamento para acromegalia tem como objetivo:

  • Regular o hormônio do crescimento para níveis normais;
  • Melhorar os sintomas da acromegalia;
  • Tratar as deficiências hormonais.

A terapia por meio de medicamentos auxilia na regulação dos hormônios e na redução do tamanho do tumor.

Essa parte do tratamento pode ser recomendada antes e depois do procedimento cirúrgico de remoção dos adenomas.

A radioterapia é recomendada apenas quando os tumores não podem ser removidos cirurgicamente. Outro caso é quando a cirurgia e o uso de medicamentos não apresentam bons resultados.

Sem tratamento, os sintomas da doença se intensificam. Assim, os mais comuns são:

  • Perda de visão;
  • Crescimento do coração;
  • Intensificação de dores de cabeça e apneia do sono.

Além disso, há a presença de diabetes, hipertensão e artrite.

A causa é o crescimento dos ossos e pólipos intestinais. Desse modo, isso pode se transformar em câncer de intestino ou até mesmo na interrupção do funcionamento da hipófise devido ao tamanho do tumor.

Gostou de saber mais sobre a acromegalia? É mais uma anomalia que possui tratamento. Por isso, não deixe de buscar ajuda caso note qualquer alteração no seu corpo ou bem-estar.

Silmara Alves Rozo Ducatti
Silmara Alves Rozo Ducatti
Silmara Alves Rozo Ducatti é cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS). Possui registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 121811 e integra a equipe odontológica da RD Design Oral, que fica na Alameda Grajaú, 98 - sala 1207 - Alphaville, Barueri - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.