Síndrome de Treacher Collins afeta paladar e fala dos pacientes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Treacher Collins é uma condição genética rara, caracterizada por deformidades craniofaciais

Aqui na Simpatio, nós tratamos frequentemente de síndromes que afetam a saúde bucal e bem-estar dos pacientes. Nesse artigo, trataremos de mais uma: a Síndrome de Treacher Collins.

A condição rara afeta o paladar e a fala dos pacientes, precisando de cuidados integrados com a odontologia. Para entendermos melhor a Síndrome de Treacher Collins, vamos a sua definição:

Síndrome de Treacher Collins é uma condição genética, não necessariamente hereditária. É caracterizada por deformidades craniofaciais. Ela também pode ser chamada de disostose mandibulofacial.

História da Síndrome de Treacher Collins

Foi descrita pela primeira vez pelo oftalmologista britânico Dr. E. Treacher Collins, que relatou o caso de um paciente com anormalidades das pálpebras e hipoplasia dos ossos malares.

Posteriormente, Franceschetti e Klein fizeram uma abrangente revisão da patologia, conferindo a mesma o nome de disostose mandibulofacial.

Eles levantaram a hipótese de que a condição pode ser resultado de uma deficiência que ocorre durante a sétima semana de gestação, devido a uma ação inibitória genética.

Ainda não há muito material disponível sobre essa síndrome.

Sintomas de Treacher Collins

Esta patologia pode ser identificada já no momento do nascimento, devido às suas características faciais peculiares. Dessa forma, em pacientes disostose é possível identificar:

  • Mandíbula pequena (micrognatia);
  • Hipoplasia das eminências malares e zigomáticas, bem como hipoplasia da mandíbula;
  • Deformação das orelhas;
  • Fissuras palpebrais antimongolóides;
  • Coloboma no terço externo da pálpebra inferior;
  • Falha de cílios na região medial ao coloboma;
  • Coloboma de íris;
  • Ausência dos orifícios dos condutos lacrimais inferiores e da glândula de Meibomius;
  • Surdez geralmente parcial, devido à deformação ocorrida no pavilhão auricular.

Síndrome de Treacher Collins na Odontologia

Devido à hipoplasia da mandíbula, que consiste em uma retração desse osso, também podem ser observados nos pacientes com Treacher Collins:

Devido ao desenvolvimento anormal da mandíbula, ocorrem complicações que afetam a fala, audição, visão e paladar dos pacientes. Então, outras manifestações odontológicas da doença são:

  • Macrostomia uni ou bilateral (deformidade na conformação da boca);
  • Displasia da articulação temporomandibular (DTM);
  • Limitação de abertura bucal;
  • Desvio da linha média;
  • Má oclusão;
  • Retrognatismo e prognatismo mandibular.

Tratamento de Treacher Collins

O tratamento da doença de Treacher Collins depende do caso do paciente. Por isso, deve ser feito de acordo com seus sintomas e suas necessidades específicas.

Os procedimentos costumam ser mais focados nas possíveis complicações respiratórias e problemas de alimentação, em decorrência da obstrução das vias.

Em certos casos, é necessária a realização de uma traqueostomia, objetivando manter uma via aérea adequada.

Os tratamentos odontológicos não são de menor importância. Porém, podem não ser realizados em um primeiro momento.

Desse modo, dependendo do caso, pode ser que as cirurgias ortodônticas reparadoras e outros tratamentos tenham que esperar o desenvolvimento do paciente.

No entanto, é importante ressaltar que o acompanhamento com um cirurgião-dentista é essencial. É ele quem vai aplicar tratamentos e terapias para melhorar o bem-estar do paciente, assim como os problemas de estética.

Gostou de saber mais sobre a Síndrome de Treacher Collins? Não deixe de acompanhar o site da Simpatio para saber mais sobre síndromes e patologias!

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.