Interposição lingual pode causar problemas na dicção

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

A anomalia costuma se manifestar durante a infância

Você já ouviu falar sobre interposição lingual? Essa anomalia também conhecida como ceceio é bastante comum entre os pequenos.

A interposição lingual pode surgir em função de desordens nos órgãos fonoarticulatórios, dentários ou craniofaciais, passando pela respiração bucal e próteses dentárias.

A interposição lingual é bastante perceptível, pois na presença desse problema a criança tende a pronunciar, com a língua entre os dentes e até para fora da boca, palavras com som de Z, S, X e CH de forma distorcida.

Além disso, o paciente também pode apresentar dificuldades na deglutição.

Considerações sobre a interposição lingual

É importante dizer que o ceceio não faz parte do desenvolvimento típico da fala do ser humano.

Assim, a ação de projetar a língua entre os dentes durante a fala pode ser um sinal de que não existe espaço suficiente para armazená-la em nossa cavidade oral ou de alterações em sua força e forma.

Quando ocorre a troca entre os dentes decíduos e permanentes, consequentemente existe mais espaço para a língua em nossa boca, proporcionando que a interposição lingual desapareça.

Logo, o recomendado é esperar até os 6 ou 7 anos de idade para constatar se realmente é necessária a realização de algum tratamento para corrigir essas disfunções orofaciais.

Contudo, existem alguns fatores que podem estar diretamente ligados ao aparecimento da anomalia. Vamos a eles:

  1. Amígdalas extremamente aumentadas e/ou arcadas dentárias estreitas podem fazer com que a língua não tenha espaço suficiente dentro da boca;
  2. Mordida aberta anterior, quando ao morder, os dentes da frente não se tocam, favorece a projeção da língua, que simultaneamente dificulta o fechamento da mordida;
  3. Respirar pela boca, sugar o dedo ou chupeta e receber uma alimentação predominantemente líquida ou pastosa podem levar a uma flacidez e mau posicionamento da língua;
  4. Alteração do frênulo lingual, conhecida como língua presa, também prejudica o correto posicionamento da língua.

Sabendo disso, o ideal é que mesmo quando a criança é muito pequena, seja realizada uma avaliação fonoaudióloga com um especialista, para que possíveis fatores desencadeadores do ceceio sejam identificados.

Fonoaudiologia para pessoas com interposição lingual

Realizar procedimentos de reabilitação oral é fundamental em quadros de interposição lingual.

O fonoaudiólogo atuará na reeducação do posicionamento da língua e do direcionamento do ar durante a articulação de determinados fonemas como os já citados anteriormente.

O profissional poderá realizar trabalhos específicos para a língua, que consistem em melhorar a mobilidade e a tonicidade desse órgão tão importante.

Para que os resultados sejam positivos, a elasticidade do freio também deverá passar por tratamento.

Além disso, o fonoaudiólogo deve passar orientações que estão relacionadas à mastigação, deglutição e postura de repouso da face.

A técnica pode ser efetuada em crianças, adolescentes e adultos.  Os profissionais podem inclusive atender a domicílio, o que proporciona um maior conforto ao paciente.

A associação entre ortodontistas e fonoaudiólogos é de suma importância, visto que a função dos aparelhos ortodônticos ou ortopédicos limita-se a alterar a disposição dos arcos dentários, e corrigir a posição dos dentes.

Enquanto isso, a terapia fonoaudiológica irá trabalhar a reabilitação miofuncional orofacial, que visa a modificação das funções orofaciais alteradas, proporcionando o corregimento da interposição lingual.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.