Fios de sustentação ajudam a rejuvenescer a expressão facial

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Os fios de sustentação são aplicados em, no máximo, 45 minutos e promovem ótimos resultados

O bigode chinês é uma marca de expressão formada ao redor do nariz que se alonga até o canto da boca. Ela surge com o tempo, sendo uma consequência do excesso de expressões faciais. E uma das formas de resolver isso é através do procedimento de fios de sustentação.

No entanto, colocar os fios de sustentação não funciona só como um tratamento para o bigode chinês. Também é recomendado para outros tipos de flacidez facial. É uma maneira prática, rápida e não invasiva de rejuvenescimento.

A técnica de fios de sustentação utiliza filamentos feitos de com ácido polilático para gerar lifting, ou seja, um efeito de levantamento dos tecidos do rosto. Além disso, por conta da substância presente, promove estímulo das células produtoras de colágeno.

Em outras palavras, a pele é tracionada para a posição ideal pelos fios e ainda tem sua elasticidade e firmeza aumentada por conta do colágeno. Dessa forma, o mecanismo promove resultados mais naturais.

Existem outros procedimentos que podem estar associados aos fios de sustentação para o rosto. São eles:

  • Botox;
  • Ácido hialurônico;
  • Bichectomia.

Indicações dos fios de sustentação

O fio silhouette para levantar a face é indicado para pessoas que apresentam flacidez facial e não querem recorrer a métodos cirúrgicos. Normalmente, são pacientes com mais de 30 anos e do sexo feminino.

É importante ressaltar que o especialista deverá fazer uma avaliação para ver se a pessoa pode receber o tratamento.

Afinal, ele é contraindicado para quem tem um grau elevado de flacidez, pele muito fina ou muito grossa, face corpulenta e doenças autoimunes.

Os ganhos estéticos envolvem a diminuição das rugas, da linha de expressão e da papada. Por essa razão, há uma reabilitação da harmonia da face.

Como o procedimento com fios silhouette é feito?

A técnica é efetuada no próprio consultório do profissional, demorando de 20 a 45 minutos. Seu preço gira em torno de R$ 1.500.

Primeiramente, é administrada uma anestesia local para reduzir o incômodo. Em seguida, o cirurgião introduz os fios a partir de uma microcânula, que faz pequenos furos no rosto do paciente.

Assim, é colocado de 4 a 8 filamentos, dependendo da flacidez. O tratamento não é doloroso e não requer nenhuma preparação especial.

Não é preciso se preocupar com as perfurações das microcânulas. Elas são minúsculas e se fecham rapidamente.

Orientações pós-tratamento de fios de sustentação

Depois da aplicação do fio de sustentação no rosto, pode ser que a pele fique um pouco inchada e vermelha.

É possível que alguma mancha roxa apareça caso algum vaso sanguíneo seja rompido. Entretanto, não é necessário maiores preocupações. Confira uma lista do que deve ser feito para não prejudicar a pele:

  • Faça compressas de gelo nos dois primeiros dias;
  • Passe bastante protetor solar no rosto;
  • Procure ficar em ambientes com sombra;
  • Dormir com o corpo inclinado por três noites;
  • Dormir de barriga para cima por três semanas;
  • Não realizar atividades que possam afetar a pele do rosto, como cirurgias odontológicas, limpeza de pele, esporte de contato, etc;
  • Evitar fumar e usar canudo pois exigem movimentação dos músculos da face;

É preciso repetir a técnica com os fios?

O tempo de duração dos resultados do fio silhouette varia. Mas ele se deteriora em aproximadamente um ano e meio. Então, é preciso repetir o processo para manter as medidas contra o envelhecimento.

O colágeno, por outro lado, continua agindo, o que desacelera a chegada da idade. Os fios faciais na odontologia auxiliam a manter a simetria facial e a estabilidade do sorriso da pessoa.

É fundamental que o paciente utilize os fios de sustentação seguindo à risca todas as recomendações do cirurgião para obter melhores resultados.

Rodrigo Venticinque

Rodrigo Venticinque

Graduado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA) e especialista em Prótese e Reabilitação Oral Integrativa, Biofísica Quântica, Biorressonância Aplicada e Ortomolecular. Pós-graduado em Estética Dental e Reabilitação Oral, com certificação em Remoção Segura da Amálgama e Odontologia Biológica pela Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia. Professor da pós-graduação em Biofísica e Ortobiomolecular da QuantumBio. Também atua nas áreas de Ozonioterapia, Odontologia Sistêmica, Sedação Consciente com Óxido Nitroso e Hipnose. Diretor da clínica Venticinque Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.