Diminuição salivar em idosos é normal? Saiba mais!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Diminuição salivar na terceira idade pode causar patologias orais

Conforme envelhecemos, é comum observarmos diversas mudanças fisiológicas em nosso organismo, especialmente no que se refere à saúde bucal. Mas e a diminuição salivar em idosos? É uma alteração considerada normal ou pode representar algum problema de saúde mais sério?

A diminuição salivar em idosos pode provocar uma sensação desagradável de boca seca e é causada por diversos fatores. De toda forma, o acompanhamento de um odontogeriatra é sempre fundamental.

Condição conhecida como hipossalivação, a diminuição salivar em idosos é caracterizada pelo ressecamento da mucosa bucal por conta de um medicamento ou um problema de saúde.

Mas é preciso observar a condição com cuidado. Quando a secura é apenas uma sensação momentânea, recebe outra denominação, sendo conhecida como xerostomia.

A sensação de boca seca, ou melhor, a xerostomia na terceira idade é comum. A principal justificativa é o ronco durante o sono, decorrente da flacidez da musculatura.

A hipossalivação, por outro lado, não pode ser considerada normal. Vamos entender um pouco mais?

O que pode causar a diminuição salivar em idosos?

Como dissemos anteriormente, as causas para a hipossalivação na terceira idade provêm de problemas de saúde ou do uso de remédios. Desse modo, a diminuição salivar pode acontecer por:

  • Uso de remédios anti-histamínicos;
  • Diuréticos;
  • Neurolépticos;
  • Antidepressivos;
  • Tratamento radioterápico;
  • Baixa hidratação;
  • Infecções por bactérias ou vírus;
  • Diabetes não controlado;
  • Síndrome de Sjögren;
  • Doenças autoimunes, como o lúpus e a esclerodermia.

Como evitar essa condição?

A hipossalivação pode ser prejudicial à qualidade de vida do idoso e à sua saúde de forma geral.

A saliva é essencial para a limpeza da cavidade bucal, bem como de sua proteção. A diminuição do fluxo salivar em idosos pode propiciar o desenvolvimento de patologias orais, como cárie, gengivite, periodontite, saburra e também mau hálito.

Outro efeitos dessa condição é a diminuição na percepção do gosto dos alimentos.

Para evitar os problemas relacionados à boca seca na terceira idade, é preciso que o idoso busque auxílio de um odontogeriatra para analisar seu quadro.

O tratamento depende diretamente da causa relacionada à hipossalivação.

Por exemplo, se for decorrente do uso de remédios e as glândulas ainda apresentarem uma boa capacidade de produção, alguns tratamentos são realizados pelo profissional para estimular a salivação por meio de incentivos mecânicos, farmacológicos, elétricos ou gustatórios.

Por outro lado, se o problema for decorrente de doenças ou houver incapacidade das glândulas na produção de saliva, é recomendado o uso de substitutos salivares para trazer conforto ao paciente idoso. Aqui, a alternativa é o uso da saliva artificial.

Quais são os principais cuidados com a saúde bucal na terceira idade?

Vale lembrar que a saúde bucal do idoso demanda cuidados especiais para manter-se em dia. Confira quais são:

  1. Beber água com frequência ajuda a manter a cavidade hidratada por mais tempo, evitando a sensação de boca seca;
  2. Escove os dentes com escovas macias após as refeições e não se esqueça de passar o fio dental;
  3. Para higienizar a prótese dentária, utilize sabonete neutro ou produtos próprios para a sua limpeza, mas dispense o creme dental, pois pode danificá-la;
  4. Em casos de sensibilidade dentária, que aumenta conforme o envelhecimento, utilize creme dental próprio para o problema. Também comunique seu odontogeriatra.

Por último, lembre-se, a diminuição salivar em idosos deve ser sempre examinada por um profissional especializado. Se você sofre com esse problema ou qualquer outro problema, consulte um profissional o mais breve possível.

Silmara Alves Rozo Ducatti

Silmara Alves Rozo Ducatti

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) e especialista em Ortodontia pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul (SIOMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.