Dente invaginado acontece durante formação do dente

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

O dente invaginado ocorre normalmente nos incisivos laterais e centrais superiores

Quando nosso corpo está em desenvolvimento, às vezes pode surgir algum distúrbio que ocasione numa desarmonia. E com a boca não é diferente. Um desses distúrbios rende um dente invaginado.

Assim como a taurodontia, o dente invaginado pode passar despercebido durante a vida toda, sendo descoberto só quando for demandado alguma operação ou radiografia.

Dente invaginado é uma mutação no desenvolvimento dos dentes causada pela invaginação na superfície da coroa dentária ou da raiz antes de ter acontecido sua calcificação. Essa anomalia faz parecer que um dente está nascendo de outro.

A disfunção pode ocorrer em qualquer dente, mas é mais comum nos incisivos laterais superiores e incisivos centrais superiores.

É possível que o dentista faça o diagnóstico antes mesmo da erupção do dente, por meio de exames radiográficos.

Antigamente, quando esses dentes se associavam a problemas pulpares, periapicais ou periodontais, era requisitado a exodontia. Entretanto, atualmente, tratamentos endodônticos convencionais tem demonstrado êxito.

É importante a identificação do problema de forma precoce, principalmente quando os pacientes são jovens, de modo a evitar danos pulpares em dentes que ainda não terminaram sua formação radicular, encontrando-se com ápices abertos.

Para resolver isso, o dentista deve fazer o selamento da área com resina composta, o que irá prevenir cáries e manter a integridade da polpa dental.

Tipos de dentes invaginados

Existem 4 tipos de dens in dente:

Tipo 1

Acontece quando a invaginação fica dentro dos limites da coroa, não atingindo além da junção amelocementária, que é a junção do esmalte do dente com o cemento.

Não oferece dificuldade para tratamento pois a invaginação da superfície da coroa é pequena e fica somente na coroa do dente.

Tipo 2

Atinge a raiz, mas permanece escondida. Neste caso, ela pode ou não se comunicar com a polpa dental.

Há uma dificuldade moderada durante o tratamento. O dentista deverá remover a invaginação do interior do canal radicular e criar um dente com um único canal.

Tipo 3 A

Esse tipo invade a raiz e se comunica com o espaço do ligamento periodontal através de um falso forame, que é a entrada do canal. Não existe comunicação com a polpa, já que ela está isolada dentro da raiz.

Tipo 3 B

A invaginação invade a raiz e se comunica com a área apical através de um falso forame. Ela pode ser toda revestida por esmalte, mas normalmente é o cemento que a cobre.

O dentista deve se atentar bastante nesse caso porque pode haver uma necrose pulpar ou o desenvolvimento de uma periodontite apical.

Tratamentos para dentes invaginados

Como vimos, o tratamento muda de acordo com a gravidade dos dentes invaginados.

O primeiro passo do profissional envolverá radiografias panorâmica e periapicais, para visualizar quais dentes estão sendo afetados e como estão sendo acometidos.

Em seguida, ele terá de tomar as conclusões para ver qual o melhor procedimento para o caso.

É comum de início o dentista realizar o tratamento de canal, que muitas vezes dá certo. Mas para os casos do tipo 3, onde encontram-se maior intensidade, essa intervenção endodôntica pode não trazer resultados.

Assim, o especialista efetuará outra técnica para corrigir o dente invaginado: a cirurgia parendodôntica

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.