Atender convênio odontológico é uma boa opção para o consultório?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Fazer atendimento por convênio odontológico tem vantagens e desvantagens

O público que utiliza o plano odontológico aumenta a cada ano. De acordo com a ANS (Agência Nacional de Saúde) exitem hoje mais de 25 milhões de beneficiário de planos odontológicos no Brasil. Mas será que atender convênio odontológico é uma boa opção para todos os dentistas?

Pela ótica do dentista certamente prestar consultas particulares pode ser muito mais rentável. No entanto, atender convênio odontológico pode ter suas vantagens, especialmente para os dentistas recém-formados.

Atender convênio odontológico significa oferecer seus serviços por meio de uma operadora que faz intermédio entre você e o paciente.

Vamos descobrir quais são as vantagens, desvantagens e se atender plano odontológico é o ideal para você? É só continuar por aqui!

Como Saber se Atender Convênio Odontológico é a Melhor Opção Para Mim?

Descobrir se realmente vale a pena atender convênio odontológico requer pesquisa e tempo e, para chegar em uma conclusão, é preciso ponderar alguns pontos:

  1. Estou preparado para atender por convênio?
  2. Posso aproveitar pacientes do convênio para oferecer tratamentos particulares?
  3. O mercado local me favorece?
  4. Existe custo para ser um credenciado?
  5. Quanto irei receber por procedimento?

Estou Preparado Para Atender por Convênio?

Pode até parecer simples, mas para atender por convênio odontológico é preciso ter disposição.

Isso porque, para estar dentro dos parâmetros do convênio é preciso seguir diversas burocracias em cada atendimento que podem variar de acordo com cada operadora.

Por isso, é preciso ter um pouco mais de organização e planejamento se comparado às consultas particulares.

Por exemplo, é observar as carências de cada paciente, preencher as guias de tratamento, enviar imagens de radiografia para a operadora quando necessário.

E ainda se atentar e ter cuidado com os procedimentos não aceitos pela operadora, as chamadas glosas.

Posso Aproveitar Pacientes do Convênio Para Oferecer Tratamentos Particulares?

Quando se atende plano odontológico é preciso olhar para as possibilidades. Mas como?

É simples. A grande maioria dos convênios odontológicos oferece apenas cobertura do rol mínimo de procedimentos definido pela ANS.

Isso exclui tratamentos estéticos, como clareamento e próteses, por exemplo, e outros tratamentos de média e alta complexidade.

Isso quer dizer que há a possibilidade do dentista oferecer tratamentos que não são cobertos pelo plano ao paciente, atendendo-o no particular pelo seu próprio preço.

O mercado Local me Favorece?

Outra maneira de balancear os benefícios em trabalhar com convênio é observar o mercado local.

Dentistas que residem e trabalham em cidades pequenas, por exemplo, tem uma concorrência menor se comparado às grande cidades.

Além disso, se tiver empresas que oferecem benefício odontológicos aos empregadores na cidade, podem usufruir mais do convênio.

É preciso que o dentista possua um pouco de tato para entender o mercado em que está situado.

Existe Custo Para Ser Um Credenciado?

Quase que unanimemente as operadoras não cobram valor algum para credenciar clínica odontológica.

Os únicos requisitos são que seu perfil e dados passem por uma pré-avaliação rápida (o que geralmente pode ser feito online) e, a depender de cada operadora, também pode ser exigido um tempo mínimo de formação.

Fora isso, o importante é estar de acordo com as regras impostas pela operadora.

Quanto Irei Receber por Procedimento?

A remuneração do dentista credenciado é sempre muito relativa.

Contudo, é possível basear-se na “lei da oferta e demanda”. Isto é, quanto mais demanda a operadora possuir, maior será a procura e, se não houver oferta suficiente, maior será a remuneração. E vice e versa.

Como esse fator é instável, a melhor opção é negociar o valor dos procedimentos com a operadora antes de se credenciar.

Vale lembrar que, na grande maioria das vezes, o valor reembolsado pela operadora está abaixo do que o cobrado em uma consulta particular. Portanto, esse é ponto de grande peso na sua decisão.

O grande benefício de ser credenciado, na verdade, é o aumento do fluxo de clientes no consultório, que pode chegar a triplicar.

É por isso que atender por por plano odontológico pode ser muito benéfico para os dentistas recém-formados que ainda não possuem uma carteira de clientes.

Vale a questão: um fluxo elevado de atendimentos compensa o custo mais baixo por atender convênio odontológico? Dependendo da sua situação atual, pode ser que sim ou pode ser que não.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.