Adesivo autocondicionante: quais as suas vantagens?

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Descubra as principais diferenças entre o adesivo autocondicionante e o adesivo convencional na restauração dentária

Em algumas modalidades odontológicas pode ser necessária a realização de uma colagem ou procedimento adesivo. Assim, pode ser necessária a utilização de um adesivo autocondicionante.

Desde a introdução do condicionamento ácido em 1955, a criação de microporosidades no esmalte é considerada chave para a união de restaurações adesivas. Com isso, profissionais recorrem ao adesivo autocondicionante para estes procedimentos.

A ação do adesivos autocondicionantes consiste em promover a desmineralização ao mesmo tempo em que se infiltra na dentina subjacente formando uma camada híbrida que contém a smear layer.

O smear layer é um material depositado nas paredes dentinárias toda vez que a dentina é cortada por brocas ou limas endodônticas.

Adesivo Autocondicionante x Adesivo Convencional

Agora iremos revisar algumas características dos adesivos autocondicionantes quando comparados aos adesivos convencionais.

Ambos são compostos por monômeros hidrófobos e hidrófilos, solvente e fotoiniciadores. Entretanto, a composição dos adesivos autocondicionantes se diferencia pela presença de H2O e alguns monômeros ácidos.

Além disso, o sistema de aplicação dos dois produtos também é diferente. O preço ainda é uma característica extremamente desigual.

O adesivo autocondicionante, em média, custa quase três vezes mais que o adesivo convencional. Isso porque existem poucas marcas do produto no mercado.

Vantagens do Adesivo Autocondicionante

Caso apenas uma característica pudesse ser citada para convencer os profissionais a optarem por ele, esta seria a possibilidade de realizar a adesão sem a necessidade de lavar o condicionador ácido.

E ainda, posteriormente, controlar a umidade da superfície dentinária.

Sabe-se de longa data que a secagem da dentina condicionada ocasiona o colapso das fibrilas de colágeno expostas pelo condicionamento. Dificultando a penetração do adesivo e, assim, ocasionando problemas na hibridização.

Além disso, nos adesivos autocondicionantes, os monômeros ácidos são responsáveis pelo condicionamento da estrutura dentária, não ocorrendo a formação na dentina de áreas não-infiltradas pelo adesivo.

Algo comumente associado à sistemas adesivos convencionais, em que o ácido cria a retenção.

A questão da sensibilidade também é um fator a ser citado. Em relação aos adesivos convencionais, o adesivo autocondicionante proporciona uma menor sensibilidade pós operatória.

Um Pouco Mais Sobre a Restauração Adesiva

A restauração adesiva é a aplicação de resina composta da cor do dente para reparar um dente com cárie, lascado, fraturado ou pigmentado.

Diferentemente das coroas, que são fabricados em laboratório e exigem um moldagem personalizada para alcabçar uma coroa adequada, o procedimento com a restauração adesiva pode ser feito em uma única consulta.

O procedimento é restauração adesiva porque o material restaurador preenche e se adere ao dente. Geralmente, não é necessária a utilização de anestesia para a realização do processo.

Trata-se de um método fácil e relativamente barato, que pode ser realizado tanto com a utilização do sistema adesivo autocondicionante quanto com o sistema adesivo convencional.

Agora você já conhece as principais utilizações do adesivo autocondicionante e suas vantagens. O produto vem ganhando espaço no mercado e tem tudo para se firmar como o mais utilizado em procedimentos de restauração.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.