Raiz exposta? Descubra suas causas e tratamentos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Para prevenir a retração da gengiva e a exposição da raiz faça visitas regulares ao dentista

A gengiva é um dos principais elementos da nossa boca, e cuidar dela é essencial para manter saúde bucal. Escovar de forma brusca ou ranger os dentes, pode causar a retração gengival e deixar a raiz exposta.

As causa que levam a raiz exposta podem ser inúmeras, mas o importante é tratar. Se não for combatida, pode ocorrer problemas como hipersensibilidade da raiz, restrições estéticas ou funcionais, inflamação da gengiva, cáries na raiz do dente e uma higiene bucal limitada.

A raiz exposta é uma condição na qual ocorre retração gengival com exposição da raiz do dente. A raiz do dente não é recoberta por esmalte, o que acaba expondo as terminações nervosas da polpa aos estímulos externos.

O que causa a exposição da raiz

A principal condição para que a raiz do dente fique exposta é a retração da gengiva. Esse processo pode ser causado por diversos fatores ou outras doenças, como:

  • Escovação incorreta;
  • Escovação muito dura ou com muita força;
  • Lesões na gengiva com processo inflamatório;
  • Placa bacteriana;
  • Periodontite crônica;
  • Periodontite agressiva;
  • Diabetes;
  • Fumo;
  • Causas anatômicas (inserções alta dos freios labial ou lingual).

Riscos da raiz exposta

Os danos causados pela exposição da raiz do dente são inúmeros e vão muito além da estética. Ela facilita o acúmulo de bactérias e consequentemente o desenvolvimento de cáries e doenças periodontais.

Confira os problemas mais comuns relacionados à raiz exposta:

  • Dor e sensibilidade dentinária;
  • Perda de harmonia do sorriso;
  • Cárie dentária;
  • Tratamento de canal (endodôntico);
  • Fraturas radiculares;
  • Doenças gengivais (retenção de placa bacteriana);
  • Progressão da retração gengival;
  • Perdas dentárias por fraturas extensas.

O que fazer para evitar ou tratar?

O primeiro passo para evitar ou tratar esse incômodo é procurar o seu dentista de confiança. Só ele será capaz de fazer um diagnóstico completo e determinar a causa. Dessa maneira, ele irá traçar o tratamento mais adequado.

O ideal nos casos de retração gengival e exposição da raiz é prevenir seu desenvolvimento. Use escovas macias, seja delicado na escovação e use o fio dental diariamente.

Visitas regulares ao dentista também vão evitar qualquer problema. No primeiro sinal de alteração da saúde bucal, o odontologista logo irá alertar e tratar.

O segundo passo é seguir para o tratamento em si, que pode incluir:

Uso de escova específica

A sensibilidade dos dentes acentuada é uma das principais reclamações dos pacientes que estão com a raiz do dente exposta. Por isso, o uso de uma escova de dente ultra macia e que não machuque é essencial.

Aplicação do Flúor

O uso do flúor também é importante. Ele favorece a deposição de esmalte sobre a dentina exposta, reduz a dor e protege de cáries. Pode ser aplicado com moldes bucais pelo dentistas ou no próprio creme dental.

Alimentação específica

Ingerir água ou leite após alimentos ácidos tem um efeito protetor.

É recomendado que a escovação não seja feita logo após a alimentação, já que a acidez de algumas comidas deixa o dente sensível ao desgaste provocado pela escova.

Uso do selante

A aplicação do selante sobre as regiões expostas também é uma opção de tratamento.

Pode ser um verniz de flúor, que irá ajudar a mineralizar o esmalte e a dentina, ou um agente fixador, material usado em restaurações de cáries, que irá impermeabilizar os poros da dentina, impedindo a dor.

Tratamento com Laser

Existem alguns lasers terapêuticos disponíveis no mercado que agem sobre a dentina e reduzem sua sensibilidade.

Tratamento de Canal 

Em casos avançados, o tratamento de canal é o mais indicado. A raiz nervosa do dente é retirada e impede um novo estímulo de dor.

Esse procedimento não é suficiente sozinho e precisa ser combinado com outras que protegerão a dentina, mas resolve a dor.

Enxertos de Tecido 

É um procedimento cirúrgico que, um pedação de mucosa de outra região é transferido para o local de lesão, recobrindo a área exposta e resolvendo definitivamente o problema.

A lista de tratamentos é extensa, mas o ideal mesmo é manter as visitas ao dentista com frequência e evitar qualquer complicação causada pela raiz exposta.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.