Quantos dentes temos na boca afinal? Descubra aqui!

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Confira aqui quantos dentes temos na boca

Para manter um sorriso perfeito, devemos ter conhecimentos sobre os nossos dentes. Por isso, saber quantos dentes temos na boca é essencial.

A numeração dentária varia com a idade. Além disso, o histórico de cada paciente também pode alterar quantos dentes temos na boca.

Mas, afinal, quantos dentes temos na boca? Na dentição decídua temos 20 dentes, enquanto na permanente temos 32 dentes.

Quer entender mais sobre quantos dentes temos? Então, fique ligado neste artigo. Assim, você entende mais sobre o desenvolvimento e estrutura dos seus dentes.

Estrutura dentária

Antes de descobrir mais sobre quantos dentes tem o ser humano, vamos entender mais sobre a anatomia dentária. Ela é dividida em:

  • Coroa: é a parte visível e superior do dente. O formato dita qual a função dos dentes. Por exemplo, os mais afiados servem para rasgar alimentos;
  • Linha de junção dentária e gengival: é o espaço onde os dentes se encontram e se alinham;
  • Raiz: é responsável por ligar o dente com o osso;
  • Polpa: é o local onde os vasos sanguíneos e nervos do dente passam dentro da boca;
  • Esmalte: é a camada externa que reveste e dá coloração ao dente. Ela é mineralizada e dura; e
  • Dentina: é a camada interna debaixo do esmalte.

Dentes de leite

Quantos dentes tem uma criança? A resposta são 20! Os dentes de leite são os 20 primeiros dentes a nascerem, ou seja, são o primeiro conjunto dentário existente.

Eles começam a aparecer por volta dos seis meses. E, é apenas com seis anos de idade que todos eles crescem e, então, começam a cair. O processo continua até a adolescência.

Os dentes decíduos são temporários. Eles servem como marcadores de posições para o futuro conjunto dentário permanente, que é mais forte.

O crescimento e queda dos dentes acontece de forma natural. Por isso, é preciso manter a calma e ficar sempre em dia com as visitas ao seu dentista para ver se o processo está ocorrendo de forma correta.

Ele pode usar o raio x panorâmico para acompanhar a dentição da criança.

O processo dos nascimentos do dente do bebê acontece da seguinte maneira: os quatro incisivos superiores são os primeiros dos dentes de leite a nasceram.

Os dois incisivos superiores e inferiores crescem, normalmente, entre o 6º e 16º mês. Eles são seguidos pelos dois caninos, logo no mês seguinte, e crescem até 22 meses.

Os molares nascem entre os 13º e 33º mês. São oito molares, quatro no canto superior e quatro no canto inferior.

É a partir dos 6 anos de idade que os dentes de leite começam a cair. Mas, em alguns casos, as crianças podem apresentar dentes caídos aos 5 anos de idade.

Lembre: o processo do nascimento do dente da criança varia de criança para criança. Mas, agora vamos falar sobre quando os dentes começam a cair.

Entre os 6 e 8 anos, os incisivos são os primeiros a caírem. E entre os 10 aos 12 anos, os caninos e molares também caem de forma espontânea.

Os dentes de leite caem de forma rápida, fácil e natural. Logo depois da queda, os permanentes já começar a crescer, justamente porque são eles que empurram os de leite para fora.

Apesar de muitas crianças empurrarem os dentes de leite com a língua para caírem, é recomendável esperar que o dente caia completamente sozinho.

Dentes permanentes

Quando nos tornamos adultos, os nossos dentes se desenvolvem. Assim, quantos dentes tem um adulto? A resposta são 32 dentes. Eles são classificados em:

  • Incisivos: temos 4 superiores e 4 inferiores. Eles são os primeiros dentes que vemos quando sorrimos. Eles são chapados e afiados. Servem para cortar alimentos
    Incisivo Superior Central;
    Incisivo Superior Lateral;
    Incisivo Inferior Central: e
    Incisivo Inferior Lateral.
  • Caninos: temos 2 superiores e 2 inferiores. Eles são pontudos e servem para rasgar alimentos.
    Dois Caninos Superiores; e
    Dois Caninos Inferiores.
  • Pré-molares: temos 8 dentes pré-molares. Eles se localizam entre os caninos e os molares. Servem para triturar os alimentos.
    Quatro Pré-Molares Superiores; e
    Quatro Pré-Molares Inferiores.
  • Molares: temos 8 dentes molares. Eles se localizam no fundo da nossa boca. Eles são lisos e servem para triturar e mastigar os alimentos.
    Quatro Molares Superiores; e
    Quatro Molares Inferiores.
  • Sisos: algumas pessoas apresentam os dentes do siso, mas não é regra. No total, são 4 dentes, mas o crescimento varia de pessoa para pessoa. São os últimos a nascerem e normalmente são extraídos por atrapalharem a posição dos outros dentes na boca.
    Dois Sisos Superiores; e
    Dois Sisos Inferiores.

Cuidados bucais

Ter uma atenção minuciosa com a higiene oral é essencial para manter a saúde bucal e evitar problemas futuros. Assim, separamos algumas recomendações para você seguir e ter uma vida saudável.

Escove os dentes depois de acordar, depois das refeições e antes de ir dormir. Mas, lembre: faça movimentos suaves e circulares em torno de todos os dentes. Use escovas de cerdas macias ou escovas elétricas. Além disso, use cremes dentais branqueadores.

Lembre de sempre escovar a língua também, porque ela também tem bactérias bucais que podem fazer mal a saúde. Mas, fique atento: é importante tentar não passar a escova bruscamente.

O uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia é recomendado pelos dentistas. Não precisa passar o fio de forma bruta, mas é preciso que você limpe toda a área ao redor do dente e perto da gengiva.

O seu dentista também pode passar algum enxaguante bucal ideal para você manter e completar a limpeza bucal todos os dias.

Na hora da alimentação, também é preciso ter uma dieta regulada. Por isso, consuma bastante vitaminas e nutrientes. Não esqueça de se manter hidratado sempre que puder.

Além disso, fique atento para evitar o consumo de alimentos e bebidas que mancham os dentes, como refrigerantes e cafés.

Agora que você já sabe sobre quantos dentes temos na boca, mantenha a saúde bucal. Assim você se previne e garante um sorriso perfeito! Faça visitas regulares ao dentista para checar se está tudo certo.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.