Instrumentais cirúrgicos odontológicos mais usados pelos dentistas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Saiba quais são as funções de cada instrumento

É normal encontrar uma diversidade enorme de instrumentais cirúrgicos odontológicos nos consultórios.

Os instrumentais cirúrgicos odontológicos são bastante específicos, e escolhidos a dedo, dependendo do procedimento que será realizado.

Os instrumentais cirúrgicos odontológicos auxiliam o cirurgião-dentista durantes cirurgias e procedimentos. Eles podem ter diferentes utilidades, nomes e especificidades.

O dentista possui um auxiliar, que tem a função de organizar os instrumentais de procedimento e prover os mesmos para o odontologista.

Assim, é fundamental que o auxiliar tenha conhecimento sobre todos os  instrumentais e suas funções. Mas você sabe para que serve cada utensílio?

Nesse artigo vamos enumerar os principais instrumentais cirúrgicos para a odontologia e suas funções.

Seringa Carpule

Esse talvez seja um dos instrumentais cirúrgicos para odontologia mais utilizados. A Seringa Carpule além de ser utilizada possui como função primordial realizar o procedimento anestésico de diversos tratamentos.

Porém,  ela pode ser usada na endodontia, quando o dentista faz a irrigação endodôntica.

Neste caso, após a limpeza, autoclavagem e marcação de tubetes, os dentes são preenchidos com solução irrigante que é aplicada dentro do canal radicular por meio da utilização de agulhas longas, curtas ou preferencialmente extra-curtas.

Cureta ou escavador de dentina

Os escavadores são empregados em momentos bastante difíceis de terapias ortodônticas. O instrumento cirúrgico atua principalmente na remoção de dentinas cariadas, visando remover a cárie e avaliar o grau do dano causado por ela.

Mas ele também pode ser utilizado na remoção do tecido pulpar em tratamentos de necrose pulpar. Outra utilidade é tirar restos de cimento endodôntico e de material selador provisório, resultados de restaurações por exemplo.

Condensadores de canal

São utilizados para realizar a condensação vertical quando o dentista está realizando uma obturação.

Esses utensílios cirúrgicos odontológicos também podem ser aquecidos por chama de lamparina à álcool. Em seguida, o dentista utiliza o instrumento para a remover excessos de obturação endodôntica dos canais radiculares.

Esculpidor Hollemback

O Hollemback é apropriado para fazer inserção de material pastoso, como curativos e resinas, na cavidade do dente.

Ele também serve para fazer inserção de material pastoso, como curativos e resinas, na cavidade do dente.

Calcadores espatulados

Os calcadores espatulados são utilizados no preenchimento das cavidades dentárias que estiverem sendo tratadas. Elas podem ser preenchidas com material curativo ou cimentos de vedação, como o óxido de zinco mais eugenol.

O instrumento também é indicado para realizar a compactação do material restaurador junto às paredes da cavidade dentária, produzindo assim um resultado mais uniforme  e livre de poros.

Aplicadores de guta-percha e de hidróxido de cálcio

O aplicador de guta-percha é utilizado para a introdução da guta-percha em bastão plastificada na câmara pulpar durante a realização do curativo de demora. Para tanto, é aquecido em chama de lamparina à álcool.

Já o aplicador de hidróxido de cálcio é usado para colocar Hidróxido de Cálcio na cavidade do dente, de maneira fácil e eficiente.

Brocas

As brocas são utilizadas na remoção de material cariado e na preparação de cavidades dentais para receber restaurações.

Existem brocas apropriadas para o acoplamento nas canetas de alta rotação como também para o acoplamento nos micro motores, de baixa rotação

Além dos instrumentais cirúrgicos odontológicos citados acima,  existem outros que também são imprescindíveis para o trabalho do dentista e fazem parte da rotina do consultório odontológico. Por isso é bom ficar atento para saber qual instrumento utilizar em cada caso específico.

Juliana Peres

Juliana Peres

Graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo. Pós-graduada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial pelo programa de residência profissional do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos. Conhecimento na área de cirurgia oral menor e maior. Residente em cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial no Complexo Hospitalar Padre Bento durante 3 anos e responsável pelo atendimento de pacientes na área de clínico geral, cirurgias orais e harmonização orofacial em diferentes clínicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2020

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.