Granuloma periapical pode ser decorrente de um dente necrosado

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Radiograficamente, o granuloma periapical se comporta de maneira similar a um cisto

O granuloma periapical é uma lesão dental extremamente comum no meio odontológico.

O granuloma periapical é indolor e costuma evoluir de maneira lenta. Raramente chega a um tamanho muito grande.

Granuloma periapical é uma reação de granulação localizada ao redor do ápice radicular. A lesão acomete principalmente órgãos dentários com a polpa necrosada.

Quando por algum motivo não existe uma via de drenagem ou esta via de drenagem é interrompida, o granuloma pode evoluir.

A evolução é o que chamamos de abscesso periapical agudo.

Frequentemente, o granuloma periapical se transforma em cisto periapical.

Causas para Granuloma Periapical

O granuloma surge em resposta ao estímulo nocivo de baixa intensidade, proveniente do canal radicular. A doença constitui-se morfologicamente de fibroblastos, macrófagos, capilares, fibras colágenas e substância fundamental.

O granuloma possui excelente capacidade de regeneração e rapidamente se converte em tecido periapical normal, quando o irritante é removido, ou seja, o canal radicular é tratado.

É interessante citar que o granuloma dentário apresenta-se com maior incidência do que os cistos bucais.

Características clínicas do Granuloma Periapical

O granuloma apical é quase sempre assintomático. O dente afetado não responde aos testes de vitalidade. Radiograficamente, o granuloma é uma rarefação apical circunscrita com forma oval ou circular.

Ainda não foi possível realizar diagnóstico radiográfico diferencial entre cisto e granuloma. Só o exame histopatológico é capaz de dar um diagnóstico com segurança.

Tratamento para Granuloma Periapical

O resolução desse problema consiste no tratamento do canal radicular afetado. Assim, essa fase depende de diversos fatores.

Geralmente, o profissional opta pela realização do tratamento de canal. Quando esse procedimento não é tão funcional, uma cirurgia parendodôntica é o indicado a se fazer.

O que leva a necrose pulpar?

A necrose pulpar é a falência do sistema de nervos e da irrigação sanguínea do dente que ficam na região da polpa dental.

Quando isso acontece, o sistema vascular e o nervoso, que trazem vitalidade ao dente, param de funcionar. Então, o dente morre.

O processo é assintomático, logo, o afetado não sente dor. Muitas vezes a necrose na polpa dentária começa a incomodar apenas quando alcança a estrutura de suporte do dente. Assim, ocorre o surgimento de alta sensibilidade e inchaço local.

A necrose pulpar resulta da evolução de um inflamação na polpa dentária. Dessa forma, qualquer estímulo que possa provocar uma inflamação mais forte que a defesa da polpa pode ser considerado um causador da doença.

Bruxismo, traumatismos, cáries não tratadas, periodontites, irritações químicas e o avanço da idade podem desencadear o problema.

A princípio, é bem difícil identificar a necrose, até mesmo quando começam os incômodos, já que muitas vezes o paciente não consegue reconhecer a natureza da dor.

O diagnóstico é realizado a partir de exames complementares. O tratamento endodôntico consiste na remoção do tecido pulpar necrosado e/ou contaminado.

A partir daí, o caminho está livre para que o profissional possa realizar a limpeza e desinfecção do interior do canal e selá-lo com material obturador, prevenindo o aparecimento do granuloma periapical.

Valdir de Oliveira

Valdir de Oliveira

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Pós-graduado em Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares pela Sboom. Com especialização e mestrado em Implantodontia, habilitação em Harmonização Orofacial e Anatomia da Face. Professor nas áreas de Cirurgia Bucomaxilo Facial e Harmonização Orofacial. Voluntário há mais de 20 anos na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais - ADRA Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.