Exame intrabucal é fundamental em consultas odontológicas

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Se o exame intrabucal não for suficiente, o dentista pode requisitar exames complementares

A anamnese odontológica é uma espécie de entrevista entre o dentista e o paciente. Ele faz uma série de perguntas relacionadas às suas queixas, ao histórico familiar e outras questões para, em seguida, realizar o exame intrabucal.

Além do exame intrabucal, há o extrabucal. Muitas vezes, problemas que ocorrem dentro da boca podem se exteriorizar, como a mordida cruzada, que pode afetar a simetria do rosto.

O exame intrabucal é uma análise minuciosa da boca do paciente que serve para verificar o estado da saúde bucal e identificar possíveis disfunções.

Nesse exame odontológico, o dentista irá averiguar os:

  • Tecidos gengivais;
  • Língua;
  • Palato;
  • Mucosa;
  • Assoalho;
  • Lábios;
  • Maxilar;
  • Mandíbula;
  • Elemento dental.

O conhecimento das maneiras que as manifestações bucais se evidenciam também é importantíssimo, pois dá mais propriedade ao diagnóstico, visto que muitas doenças se apresentam como alterações normais.

Diferença entre exame intrabucal e extrabucal

Como dissemos, o exame intrabucal envolve todas as estruturas presentes dentro da cavidade oral.

Ao contrário dela, o exame extra-oral diz respeito à examinação da cabeça e do pescoço. Desse modo, o dentista pode identificar alterações congênitas, patológicas ou motivadas por traumas. O que será visto:

  • Formato do crânio;
  • Dimensão entre crânio e face;
  • Proporção entre os terços superior, médio e inferior;
  • Coloração do tegumento;
  • Seios da face;
  • Simetria facial;
  • Parte externa dos lábios;
  • Presença de linfonodos inchados no pescoço.

Exames intrabucais e extrabucais complementares

Se o exame clínico não tiver sido suficiente, o dentista pode pedir que o paciente realize exames complementares, facilitando o diagnóstico. O principal é através de radiografias.

Radiografias intrabucais

  • Radiografia interproximal;
  • Radiografia oclusal;
  • Radiografia periapical.

Radiografias extrabucais

  • Radiografia panorâmica;
  • Radiografia da articulação temporomandibular;
  • Tomografia computadorizada.

Importância da consulta de rotina

A consulta de rotina na odontologia é aquela que acontece periodicamente a fim de avaliar a saúde bucal do paciente. Por isso, os especialistas confirmam que ela deve ser feita, pelo menos, de 6 em 6 meses.

As doenças que normalmente são constatadas no check-up odontológico são a cárie e doenças periodontais.

Cárie

A cárie é uma forma de deterioração dos dentes, representando uma lesão estrutural causada por bactérias que perfuram o esmalte do dente. Por isso, formam-se placas duras e de coloração escura.

Dependendo da profundidade, provocam dor e desconforto aos pacientes.

O melhor tratamento para ela é por meio da obturação, que eliminará o tecido infectado. Depois, o dentista tapará a cavidade utilizando um material de restauração, como a resina composta e o amálgama.

Doenças periodontais

As doenças periodontais dividem-se em gengivite e periodontite.

  • Gengivite – a gengivite é uma inflamação da gengiva por conta do acúmulo de placa bacteriana. Seus sintomas são dor, vermelhidão, inchaço e sangramento.Para tratá-la, basta retirar a placa e fazer a manutenção diária da higienização.
  • Periodontite – a periodontite é a evolução da gengivite. Ela compromete todos os tecidos de suporte ao redor do dente, principalmente ossos e ligamentos. Se não tratada, a perda dentária torna-se iminente, em decorrência da fragilidade óssea adquirida. A abordagem terapêutica pode ser cirúrgica ou não cirúrgica. A cirúrgica aplica derivados de matriz do esmalte dental e faz a regeneração tecidual guiada. A não cirúrgica remove a placa e realiza a raspagem e alisamento radicular.

Em resumo, o exame intrabucal funciona como o procedimento padrão e essencial para identificar e prevenir doenças bucais.

Ramiro Murad Saad Neto

Ramiro Murad Saad Neto

Cirurgião-dentista graduado em Odontologia pela UNIC. Gestor de clínicas odontológicas e franquias. Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Habilitação em Harmonização Orofacial e integrante da equipe Bucomaxilofacial Dr. Carlos Eduardo Xavier na Clínica da Villa, em São Paulo. CRO - 118151

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.