Alveolite é consequência da extração de dentes

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Conheça as principais causas, prevenções e tratamentos da doença

Quando o dente está quebrado ou cariado, o dentista pode tentar recuperá-lo por meio de uma restauração. Mas se não houver mais chances, o recomendado é realizar a extração. Embora seja um processo relativamente simples, extrair o dente pode trazer algumas consequências, como a alveolite.

Com isso, é recomendado que o paciente fique bastante atento ao processo de cicatrização após a extração dental. Mas afinal, o que é a alveolite?

Após a remoção de um dente, ocorre a formação de um coágulo de sangue, chamado de intra alveolar. Ele é vital, pois ajuda a proteger as terminações ósseas e neurais na cavidade vazia do dente. A alveolite se desenvolve quando esse coágulo se dissolve, desloca-se ou simplesmente não é formado, ou seja, a patologia é fruto da ausência dele.

Assim, os nervos ficam expostos, o que torna aquele espaço mais suscetível a inflamações e também causa muitas dores e sensibilidade.

Por que as alveolites ocorrem?

Já explicamos que as alveolites são causadas pela ausência do coágulo intra alveolar, mas é importante saber alguns motivos que podem desencadear esse processo.

Aqui iremos listar alguns fatores de risco que aumentam consideravelmente a chance da pessoa desenvolver alveolite após uma extração dental:

  • Infecções bucais;
  • Utilização de contraceptivos bucais;
  • Não tratar devidamente o ferimento após a remoção dentária;
  • Não realizar a higiene bucal corretamente;
  • O tabagismo.

Sintomas da alveolite

A alveolite costuma ter início entre 3 a 4 dias após a cirurgia. Ela começa com sintomas mais amenos, mas que com o tempo se desenvolvem, podendo se tornar bastante incômodos. Alguns dos sintomas da alveolite mais comuns são:

  • Dor de dente que pode irradiar para o pescoço e ouvido;
  • Mau hálito;
  • Gosto desagradável na boca;
  • Aumento da sensibilidade na gengiva;
  • Febre;
  • Presença de pus na região inflamada.

Prevenção e tratamento da alveolite

O tratamento da alveolite pode ser realizado a partir do uso de antibióticos e/ou anti-inflamatórios. Dependendo da extensão da alveolite, pode ser necessário a aplicação de anestesia local para que o profissional realize a limpeza do alvéolo.

O procedimento pode ser realizado por um cirurgião bucomaxilofacial ou pelo dentista.

Mas também existem algumas dicas a serem seguidas que podem ajudar a prevenir o problema. O primeiro passo é não realizar qualquer atividade rigorosa que possa causar um traumatismo ao ferimento.

Essas atividades podem incluir coisas simples como beber por um canudo ou cuspir vigorosamente, pois ambas têm o potencial de deslocar um coágulo sanguíneo.

Outro fator de extrema importância é evitar o tabagismo. mas a questão é que o tabaco deve ser evitado tanto antes quanto depois do procedimento cirúrgico.

Também é fundamental seguir as recomendações de seu dentista após o procedimento. É comum que os profissionais recomendem que você ingira bastante água, não escove os dentes nas primeiras 24 horas após a cirurgia, evite alimentos específicos e utilize enxaguantes antibacterianos.

Seguir essas orientações a risca já é são um passo gigantesco para te ajudar  a prevenir a alveolite. Assim, você pode usufruir de um processo de cicatrização sadio após a extração dentária.

Ramiro Murad
Ramiro Murad
Ramiro Murad Saad Neto, cirurgião-dentista com registro no Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP) nº 118151, é graduado pela UNIC e residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial Facial no Sindicato dos Odontologistas de São Paulo (SOESP - SP). Possui habilitação em Harmonização Orofacial e também é gestor de clínicas e franquias odontológicas. Além disso, é integrante da equipe Bucomaxilofacial da Clínica da Villa, que está na Rua Eça de Queiroz, 467 - Vila Mariana, São Paulo - SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio
Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.
Agende uma consulta
Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

Simpatio 2021 © - Todos os Direitos Reservados

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.

Os conteúdos da Simpatio são escritos por jornalistas e possuem a supervisão e a aprovação de dentistas e de profissionais de saúde parceiros.