Indicações dos principais exames odontológicos

Share on facebook
Compartilhe
Share on twitter
Tweet Isso
Share on linkedin
Compartilhe

Exames odontológicos auxiliam no diagnóstico do dentista

Algumas patologias não se manifestam a olho nu. Ou seja, não é possível identificá-las simplesmente com o olhar clínico do dentista. Por isso, é importante a realização de exames odontológicos para complementar o diagnóstico.

Existem diversos tipos de exames odontológicos. Cada um possui sua especificidade.

Os exames odontológicos são todos aqueles que dizem respeito sobre o ato de examinar nossa boca. Existem três tipos: os exames clínicos, que são os que o dentista faz cotidianamente, os radiográficos e os tomográficos. Estes dois últimos servem para auxiliar no plano de tratamento do paciente.

Como funciona?

Os exames clínicos, como dissemos, tem o objetivo de identificar possíveis alterações na boca, estando atrelado à fase inicial do tratamento. Por exemplo, o dentista pode verificar a existência de cáries que estejam aparentes nos dentes.

Já o radiográfico e o tomográfico funcionam para dar suporte ao dentista, oferecendo mais detalhes da boca que só podem ser vistos por meio de raio X.

Estes dois atuam para complementar o exame clínico. Normalmente, detectam lesões periapicais e endodônticas, perdas ósseas, traumas, entre outros problemas que ficam inclusas.

Principais exames odontológicos

Os exames se resumem em radiologias odontológicas, pois são os métodos mais fáceis de atingir possíveis disfunções existentes em nossa boca.

Atualmente, devido ao avanço da odontologia, é habitual fazê-las de foma digital, em vez da convencional. Isso agiliza a comunicação entre as clínicas que realizam os exames, os dentistas e os pacientes.

Radiografia periapical

Como o próprio nome diz, periapical é tudo aquilo que está ou é relativo à zona em torno da extremidade da raiz de um dente.

Dessa forma, funciona com os mesmos princípios de um raio X convencional, mas sua área de ação é mais restrita, pegando de 2 a 4 dentes. O que permite apresentar mais detalhes.

O principal objetivo do raio X periapical é possibilitar ao dentista uma visualização de toda a extensão do dente, partindo da coroa até a ponta da raiz, passando pelo espaço periodontal e pelo tecido ósseo que o rodeia.

Indicações:

  • Diagnóstico de cárie dentária;
  • Controle endodôntico (tratamento de canal ou desvitalização de dentes);
  • Detecção de lesões periapicais (ao redor da raiz dos dentes);
  • Diagnóstico de problemas nas coroas, raízes e osso alveolar;
  • Avaliação de perdas ósseas e de qualidade óssea;
  • Visualização de obturações (materiais de restauração de dentes);
  • Diagnóstico de cistos, cálculos salivares, lesões neoplásicas e presença de corpos estranhos;
  • Presenças de implantes dentários;
  • Auxílio no diagnóstico de trauma oclusal.

Radiografia interproximal

Esta radiografia permite a visualização das coroas superiores e inferiores dos dentes em uma só imagem, que atinge de 2 a 3 dentes.

Esse exame é essencial para diagnosticar a cárie interproximal, que é aquela que se instala no meio dos nossos dentes. Assim, só com esse tipo de exame dentário para enxergá-la.

Indicações:

  • Diagnóstico de cárie interproximal;
  • Avaliação da crista óssea entre os dentes;
  • Avaliação de restaurações.

Radiografia Panorâmica

A radiografia panorâmica é um raio X que permite obter imagens do maxilar e da mandíbula. Tem como principal objetivo o diagnóstico odontológico de doenças que acometam os dentes e os ossos da face.

Esse tipo é o mais convencional. Ele possibilita emitir uma imagem integral de todos os dentes.

Indicações:

  • Avaliação ortodôntica;
  • Avaliação dos dentes do siso;
  • Detecção de cáries e/ou fraturas dentárias;
  • Avaliação do suporte ósseo periodontal;
  • Avaliação de fraturas na mandíbula;
  • Avaliação do suporte ósseo periodontal;
  • Detecção de doenças, lesões e condições dos maxilares;
  • Antes de realizar uma cirurgia buco-maxilo-facial;
  • Como planejamento e exame pré-operatório; e
  • Avaliação dos padrões de erupção, crescimento e desenvolvimento.

Radiografia Oclusal

Este exame dental oclusal serve para verificar a oclusão do paciente. Isto é, mostra o contorno dos dentes vista do ponto de vista de sua superfície.

Indicações:

  • Localização de raízes ou fragmentos dentários retidos;
  • Localização de dentes inclusos;
  • Verificação de dentes extras;
  • Identificar lesões ósseas.

Tomografia

A tomografia funciona de maneira semelhante à radiografia, mas com um pouco mais de detalhamento, quase 3D.

Esse exame é usualmente utilizado em momentos específicos. Por exemplo, quando o paciente sofreu algum trauma ou apresenta sintomas relacionados à algum tipo de câncer.

Indicações:

  • Identificar fraturas;
  • Hemorragias;
  • Alterações ósseas;
  • Tumores.

Agora que você já sabe quais os principais tipos de exames odontológicos, não deixe de fazê-los. Eles são importantíssimos para verificar a existência de lesões que não podem ser vistas aparentemente.

Yara Barreto

Yara Barreto

Formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo (2008). Aluna de iniciação científica Pibic/Unicid da Universidade de São Paulo. Em 2009, concluiu estágio clínico em Ortodontia no Instituto Vellini, e em 2010, curso de planejamento Ortodôntico na Universidade Metodista. Concluiu em 2014 sua especialização em ortodontia e atua com ortodontia digital. Dentista na Odontoclinic e responsável técnica da OdontoImage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Simpatio

Somos dedicados em criar conteúdo de qualidade e informativo. Nossa missão é informar pacientes, dentistas e clínicas provendo conteúdos altamente relevantes sobre odontologia e saúde bucal gratuitamente.

Agende uma consulta

Precisando de algum tipo de ajuda ou apoio relacionado a sua saúde ou estética bucal? Clique no botão abaixo!

Postagens Recentes

Receba Nossos Conteúdos

Preencha seu e-mail acima e receba conteúdos exclusivos gratuitamente!

© All rights reserved

Simpatio 2018

As informações contidas neste site têm como objetivo único informar. A Simpatio tem o compromisso de estimular, e nunca substituir, as relações entre dentistas e pacientes. Sempre deixamos isso muito claro nos textos e na comunicação com nossos leitores. É fundamental que o paciente, ao notar qualquer alteração em sua saúde bucal, consulte seu dentista de confiança. Cada indivíduo requer um tratamento personalizado.